Em um novo vídeo postado no YouTube, Cauê Moura comenta sobre bots que inflam visualizações e a taxa de retenção em canais na rede social. Durante o vídeo, os canais "Café & Cinema" e "uJoãozinho do Vine" são acusados de utilizar técnicas ilegais de acordo com os termos de serviço do YouTube.

Caso você não saiba, bots são aplicações de software que simulam ações humanas na internet — como um robô, "bot" seria diminutivo.

Você acaba gastando mais internet móvel por causa da trapaça

"É uma maracutaia deveras genial, eu diria", comenta Moura. "Esse cara (canal uJoãozinho do Vine) tem um site ou é parceiro, para fazer com que os vídeos dele sejam transmitidos em canais que exibem animes (...) Por meio de algumas linhas de código, ele consegue fazer com que o vídeo dele dê play junto com o episódio de 'Naruto', mas ninguém sabe".

Isso significa que a trapaça ocorre da seguinte maneira: o vídeo do canal é reproduzido ao mesmo tempo que um episódio anime. Contudo, ele fica "escondido" do espectador, sem som e imagem.
O problema disso, segundo o vídeo de Cauê Moura, é que além do canal trapaceiro ganhar visualizações e uma alta taxa de retenção nos vídeos, o YouTube acaba colocando esses canais em destaque por causa dos bons números.

Ainda, um problema mais grave: ao reproduzir dois vídeos ao mesmo tempo, esses sites de anime acabam consumindo o dobro da banda de internet — e se você estiver assistindo via dados móveis, bem, talvez seja por isso que eles estejam acabando tão cedo.

O youtuber "uJoãozinho do Vine" alegou que foi ludibriado pelo canal "Café & Cinema" e não tinha conhecimento da utilização de bots. O YouTube ainda não comentou o caso.

Como são feitos os bots

Cupons de desconto TecMundo: