O YouTube já tem propagandas há muito tempo e nós já aceitamos e convivemos com isso. Contudo, vídeos de cinco segundos são aceitáveis e costumam passar batidos, mas convenhamos: os que só permitem pular depois de 30 segundos são bem irritantes e, por mais incrível que pareça, sempre aparecem no momento mais inconveniente. Mas relaxa: esse tipo de anúncio vai acabar.

Alguns usuários procuram adblockers para evitar esse tipo de coisa e a Google já percebeu que o formato não funciona bem tanto para o consumidor quanto para o anunciante. Portanto, o formato mais longo de propaganda será extinguido, mas os demais continuarão, como o de 20 segundos.

A exclusão do formato deve vir só ano que vem e até lá você ainda se deparará com propagandas demoradas para pular. A mudança também virá para manter a competição, visto que a Gigante das Buscas já não é a única a disputar na categoria “plataforma de vídeos”, pois o Facebook, Instagram e outras menores, como o Rumble, estão ganhando cada vez mais o mercado.