Embora o Snapdragon 810 seja um chip poderoso, ele é também um dos processadores que mais trouxeram dores de cabeça aos fabricantes de smartphones. Presente em flagships como o Xperia Z3+, HTC One M9 e o LG G Flex 2, por exemplo, a CPU sofre com problemas de superaquecimento quando são executadas tarefas muito exigentes.

Não demorou muito para que fosse anunciada uma segunda versão do chip, mas essa edição, na verdade, não existe. De fato, as empresas que trabalham com o Snapdragon apenas atualizaram o software do processador para reduzir a sua potência e, assim, diminuir a quantidade de calor que é gerada.

Apesar de todos esses problemas, rumores recentes divulgados pelo Xperia Blog apontam que a Sony pode equipar seu próximo topo de linha, o Xperia Z5, com o duvidoso Snapdragon 810 (em vez de usar o modelo 820, como já foi cogitado). O protótipo foi identificado com o código E6603 e, aparentemente, não traz nenhuma novidade para os fãs da linha Z.

Sem novidades

Os dados vazados mostram que a Sony deve continuar apostando em uma tela Full HD para o Z5 (1920x1080) e em um display mais simples para a versão Compact (1280x720). Se esse hardware for realmente confirmado, o departamento mobile da gigante japonesa pode não encerrar o ano com números atrativos.

Sites especializados não poupam críticas ao Snapdragon 810, e a falta de novidades na linha Z já vem sendo comentada há algum tempo. A Sony pode até manter sua postura conservadora no Xperia Z5, mas o flagship corre o risco de nascer em clara posição de desvantagem em um mercado cada vez mais competitivo.

Cupons de desconto TecMundo: