Embora muitos analistas de mercado afirmem que o Xiaomi Mi5 vai ser o primeiro smartphones a adotar o Snapdragon 820, a fabricante chinesa parece não dar muita importância a isso. Uma declaração feita pelo CEO Lei Jun afirma que o objetivo da companhias não é oferecer o chipset antes de suas concorrentes, mas sim oferecer ao público a melhor experiência de uso possível.

Segundo ele, a empresa está “tomando seu tempo” com o Mi5 de forma a oferecer um dispositivo excelente para aqueles que escolherem comprá-lo. Embora não seja possível saber exatamente o que o executivo quis dizer com suas afirmações, fica claro que ele pretende diferenciar ao máximo o novo produto das ofertas concorrentes.

Na prática, isso deve se traduzir em melhores otimizações de softwares e em recursos avançados que tirem proveito do novo chipset top de linha da Qualcomm. Isso indica que outros produtos podem acompanhar o Snapdragon 820 antes do Mi5, cujo lançamento pode não estar tão próximo quanto muitas pessoas gostariam.

O que você pensa sobre o posicionamento da Xiaomi? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: