A fabricante Xiaomi apresentou na China nesta terça-feira (24) dois novos produtos em conjunto com o Redmi Note 3, primeiro dispositivo móvel da marca com leitor biométrico. Trata-se do tablet Mi Pad 2 e do purificador de air Mi Air Purifier 2.

O tablet tem o corpo inteiro metalizado e é o primeiro da companhia com um chip Intel. A bateria com alta capacidade de armazenamento de energia é outro grande destaque do dispositivo, com 6.100 mAh. Além disso, na área de sistema operacional, é possível escolher entre o Android com MIUI 7 ou Windows 10.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 5.1.1 ou Windows 10
  • Tela: IPS de 7,9" (2.048 x 1.536 pixels)
  • Processador: Intel Atom X5-Z8500 quad-core de 2,24 GHz
  • GPU: Intel HD Graphics
  • Memória RAM: 2 GB
  • Armazenamento interno: 16 GB ou 64 GB
  • Câmera: 8 MP (traseira) e 5 MP (frontal)
  • Bateria: 6.190 mAh
  • Entradas e conectividade: WiFi 802.11 a/c, USB Type-C, Bluetooth 4.1

Vendido em cinza escuro ou dourado champagne, o modelo custará US$ 159 ou R$ 593 (MIUI 7 e 16 GB internos) ou US$ 203 ou R$ 758 (MIUI 7 e 64 GB). O modelo com Windows 10 e 64 GB sai por US$ 203.

Ar puro

O segundo produto apresentado pela fabricante é bem diferente dos tradicionais. Trata-se do Mi Air Purifier 2, um purificador que deixa o seu ambiente com um odor agradável sob baixo consumo de energia.

O aparelho ficou menor (52 cm de altura, contra 73,5 cm da versão anterior) e mais leve, além de ser menos barulhento. Ele filtra 99,7% das partículas PM2.5 e é 58% mais eficiente que o modelo original. De acordo com a marca, ele limpa o ar de uma sala de 23 m³ em apenas dez minutos.

O Mi Air Purifier 2 sai por US$ 109 (R$ 407). O preço não inclui o filtro, que custa aproximadamente US$ 26 (R$ 97).

Você tem um aparelho da Xiaomi? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: