Apesar de ser elogiado por seu alto desempenho, o Snadpragon 810 gerou alguns problemas para a Qualcomm. Além de muitas empresas estarem buscando nos concorrentes alternativas para se livrar do domínio da fabricante, é comum que consumidores reclamem que o processador tende a aquecer de maneira exagerada conforme é usado.

Aparentemente ciente disso, a Qualcomm parece ter trabalhado de forma próxima à Xiaomi para aprimorar o funcionamento do chip. O resultado disso pode ser visto nos primeiros benchmarks do Mi Note Pro, que mostram a presença de um processador com desempenho aprimorado.

A versão 2.1 do Snapdragon 810 presente no dispositivo na verdade se trata da terceira iteração do hardware. As mudanças feitas pela fabricante geraram uma diferença de 10 mil pontos em relação ao que foi registrado pelo HTC One M9, o que pode servir como indício de que as questões de instabilidade que permeavam o produto foram corrigidas.

Além disso, aparentemente a revisão consegue lidar com os problemas de aquecimento relatados pelos consumidores. Mais detalhes devem ser revelados conforme o Mi Noite Pro se torna disponível para uma maior quantidade de consumidores, mas tudo indica que a Qualcomm finalmente pode conseguir reverter as críticas feitas a seu chip de alto desempenho.

Cupons de desconto TecMundo: