A fabricante chinesa Xiaomi está cada vez mais perto de desembarcar definitivamente no Brasil. Isso porque o phablet Redmi Note, apresentado pela empresa em março deste ano, foi homologado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e já pode ser vendido normalmente em território nacional.

A certificação confirma ainda que o aparelho suporta a internet 4G do Brasil, pois trabalha com as faixas de frequências utilizadas por aqui, entre 2,5 GHz e 2,69 GHz. Junto com o phablet, um carregador de bateria da empresa também foi homologado para servir de acessório. A fabricação de ambos é feita na China, já que a empresa tem apenas um pequeno escritório no Brasil até o momento.

Especificações técnicas

  • Tela: IPS de  5,5" (resolução 720p)
  • Processador: MediaTek MTK6592  octa-core de 1,4 GHz e 1,7 GHz
  • Sistema operacional Android KitKat (MIUI, com modificações feitas pela empresa)
  • Armazenamento interno: 8 GB
  • Memória RAM: 2 GB
  • Câmera digital: 13 MP (traseira) e 5 MP (frontal)

Fora da China, o aparelho é vendido por US$ 129 (cerca de R$ 340 na cotação atual), mas não há qualquer informação sobre o valor por aqui. Você mesmo pode conferir o documento de homologação do Xiaomi Redmi Note por este formulário no site da Anatel.

Cupons de desconto TecMundo: