Aparelho deve chegar a mais países em algum tempo (Fonte da imagem: Divulgação/Xiaomi)

A fabricante de smartphones chinesa Xiaomi, a mais promissora do país nos últimos tempos, informou através do perfil de Hugo Barra no G+ que passará a vender seu aguardado phablet também em algumas regiões fora da China. O Redmi Note deve chegar a Taiwan, Hong Kong e Singapura durante o mês de maio por preços em torno de US$ 129 inicialmente. O dispositivo já foi apresentado oficialmente há poucos dias e tem até data de lançamento específica para a China, que terá o produto no dia 26 ainda deste mês.

Hugo Barra é o ex-executivo brasileiro da Google que agora trabalha com a fabricante chinesa. Ele postou em seu perfil no G+ inclusive algumas especificações do produto, revelando que as duas versões do phablet devem chegar ao mercado estrangeiro em maio. Há uma versão com processador de 1,4 GHz + 1 GB de RAM e outra com chip de 1,7 GHz + 2 GB de RAM. Ambos os modelos serão dual-chip.

Confira algumas das principais especificações do Xiaomi Redmi Note

 

  • Processadores: octa-core MTK6592 (1,4 e 1,7 GHz)
  • RAM: versões com 1 GB e 2 GB
  • Tela: 5,5’’ 720p IPS
  • Bateria: 3,2 mil mAh
  • Câmeras: frontal de 5 MP e traseira de 13 MP

 

Xiaomi pode chegar ao Brasil em breve (Fonte da imagem: Divulgação/Xiaomi)

A versão com processador mais fraco será vendido por US$ 129 e a mais completa por US$ 159. Além dos mercados especificados, Barra disse ainda que outros países podem receber o aparelho em breve. No último dia 10, inclusive, ele fez outra postagem em sua página na rede social comentando ter conversado com representantes do governo brasileiro na China para trazer a Xiaomi ao Brasil. Não se sabe, entretanto, como está o desenvolvimento dessa negociação e se o Redmi Note terá tempo de ser lançado por aqui.

Cupons de desconto TecMundo: