A Xiaomi acaba de revelar seu smartwatch para o mercado chinês. Trata-se do Amazfit — que terá foco nos consumidores que procuram uma solução mais acessível neste segmento fitness.

Ao contrário de outros nomes já consolidados, ele não utiliza o Android Wear para levar os seus recursos aos consumidores. No lugar, um sistema operacional personalizado faz o trabalho de reunir as informações e integrá-las aos smartphones por meio do app Mii Fit.

No hardware, o Amazfit conta com tela redonda de 1,34 polegadas, criada para demonstrar as informações de exercícios em tempo real. Na parte traseira do aparelho, há ainda um sensor de batimentos cardíacos para que os relatórios de queima calórica se tornem muito mais confiáveis.

Um dos grandes destaques do smartwatch fica com a bateria de 200 mAh, que promete até cinco dias de utilização — ou 30 horas de autonomia em trackings com o GPS ligado. Por enquanto, o Amazfit está previsto apenas para o mercado chinês e não há informações sobre a chegada dele em outros países. Confira abaixo as especificações técnicas já reveladas:

  • Processador: modelo não revelado
  • Clock de processamento: 1,2 GHz
  • Memória RAM: 512 MB
  • Armazenamento: 4 GB
  • Bateria: 200 mAh
  • Certificação: IP67 (resistente à água e à poeira)

Na China, cada aparelho vai ser vendido pelo preço de US$ 120 (R$ 390). Será que ele vai chegar ao Brasil algum dia?

Cupons de desconto TecMundo: