Quando falamos em Xiaomi, o que vem na sua cabeça? Custo x benefício, provavelmente? Isso acontece porque a companhia chinesa ficou conhecida mundialmente pela capacidade de oferecer smartphones com um preço lá embaixo e um hardware decente. Porém, um dos próprios fundadores da empresa confirmou que, ainda em 2016, ela deve lançar um smartphone de US$ 600, em conversão direta, cerca de R$ 2 mil — vale notar, contudo, que um celular de US$ 600 costuma chegar no Brasil com um preço, no mínimo, de R$ 3,5 mil.

Foi Liwan Jiang, cofundador da Xiaomi, que afirmou o lançamento do smartphone ao GizChina. Jiang não comentou detalhes e motivos sobre o preço do aparelho estar tão fora dos padrões da companhia, mas ele disse que o "dispositivo vai oferecer um valor de mais peso que a sua faixa preço".

O valor mencionado pelo fundador é exatamente o dobro do preço do Xiaomi Mi 5, atual top de linha da empresa.

Vamos tomar um momento para pensar nisso que Jiang falou: aparelhos de US$ 600, normalmente, são dispositivos como o Samsung Galaxy S7, LG G5 e outros tops de linha da Sony, HTC etc. Se a Xiaomi vai oferecer mais que os aparelhos dessa faixa de preço, o que podemos esperar? Câmeras duplas e telas curvas? "Churros"? Dê a sua opinião lá embaixo na caixa de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: