O Windows Vista, mesmo representando uma evolução em vários aspectos funcionais de um sistema operacional, não teve toda a aceitação que a gigante Microsoft esperou que seu produto tivesse. A agilidade, a familiaridade e a facilidade de uso do Windows XP, juntamente com a leveza do sistema, garantiu que uma enorme parcela de usuários rejeitasse esta evolução para o Vista.

Os usuários que mais rejeitaram esta mudança foram, provavelmente, os jogadores. O fato do Windows Vista ter uma demanda muito maior sobre as capacidades do computador de cada usuário fez com que os entusiastas de performance em games mantivessem o sistema operacional mais antigo, que utilizava menos recursos e dava mais espaço para a otimização de jogos.

Porém, quem acha que o Windows Vista não serve para jogos se engana: uma boa parte dos jogos mais modernos estão sendo otimizados para o sistema operacional, e basta dar uma configurada simples no seu funcionamento, e ele se torna uma opção excelente para jogadores, sobretudo por apresentar os recursos do DirectX 10, impossíveis de utilizar no Windows XP. Confira algumas dicas para melhorar a performance do Vista em seus games:

As duas gigantes de hardware de vídeo continuam atualizando seus drivers.MANTENHA-SE ATUALIZADO

Um dos aspectos mais importantes da utilização de qualquer sistema operacional é que o usuário seja responsável a respeito dos seus drivers e de suas ferramentas específicas, sempre se mantendo o mais atualizado possível. Por exemplo, um jogador que tenta aproveitar os jogos mais modernos usando DirectX 8.0 no Windows XP não vai conseguir utilizar sequer metade dos recursos mais recentes.

Além de disponibilizar uma gama de recursos gráficos e sonoros, cada versão do DirectX traz otimizações para todas as possibilidades abertas por seus antecessores, e assim a performance dos games mais modernos do mercado fica cada vez melhor. Outro aspecto interessante é a atualização constante dos drivers da placa de vídeo utilizada pelo usuário, seja ela da NVIDIA ou da ATI.

Fica bastante clara a influência dos drivers na performance dos jogos quando o usuário testa por si mesmo ou confere a página dos desenvolvedores: o último pacote de drivers da NVIDIA, por exemplo, aumenta a taxa de quadros por segundo de games modernos como Assassin’s Creed em uma porcentagem bastante considerável. É essencial manter a mais recente atualização instalada em seu computador, para garantir que toda a capacidade do hardware será aproveitada.

Além disso, alguns destes drivers oferecem algumas opções relativamente limitadas de overclocking e de customização de parâmetros específicos, como filtros e configurações de cor, que, quando alteradas, podem deixar os games mais lentos, em prol da qualidade gráfica, ou vice-versa. Isso dá para as funções um dinamismo bastante grande, que garante possibilidades de customização extensas e profundas.

OTIMIZANDO O WINDOWS VISTA

Nem tudo é relativo a parâmetros de atualização de seus drivers. Alguns processos específicos do Vista podem pesar no desempenho de jogos, devido à grande demanda de memória e processamento, ou a trocas de prioridade de processos. Por exemplo, um gadget instalado no sistema operacional pode acabar, erroneamente, colocando o game que está sendo executado como um processo de segundo plano, diminuindo bastante a quantidade de recursos computacionais dedicados às suas demandas.

O Windows Vista também pode ser utilizado para games.E, como todos sabem, as demandas de games mais modernos são altíssimas. Por isso, é recomendável que todos os processos menos importantes do Windows Vista sejam interrompidos antes de iniciar um jogo. A sidebar, por exemplo, pode consumir recursos vitais para o funcionamento de games, e a confusão de prioridades de processamento que pode ser causada pelos gadgets é bastante prejudicial à performance dos jogos mais modernos.

Um aspecto muito atraente do Windows Vista, mas que também pode ser prejudicial para a performance de jogos é a sua interface. O Aero, recurso visual incluso no sistema operacional, consome muitos recursos vitais para jogos. Por mais que haja uma função que o desativa quando um jogo está sendo inicializado, alguns games não são reconhecidos por esta opção, e então, para garantir a qualidade máxima nos jogos, é recomendável a desativação manual do recurso.

Outro parâmetro que certamente vai passar despercebido pelos usuários menos cuidadosos é a frequência de reprodução de áudio. É uma configuração muito pouco conhecida, mas que pode fazer uma diferença gigantesca. Quem não trabalha com edição de áudio nem é extremamente exigente com qualidade de som deve diminuir a qualidade de reprodução para 44.1 KHz, ou 48KHz. Executar qualquer arquivo de áudio a 192KHz, por exemplo, acarreta um uso absolutamente enorme dos recursos de processamento do computador, tanto para usuários de placas de som onboard quanto offboard.

É claro que existem diversas outras maneiras de otimizar um sistema operacional para a utilização de jogos, desde o overclock, que funciona diretamente no hardware, até limpezas periódicas em pastas e diretórios cruciais para o processamento. Estas são apenas algumas dicas de como melhorar o desempenho de seu Windows Vista para os games mais modernos do mercado, e sugerimos uma busca responsável e cuidadosa por outras dicas, como as que disponibilizamos aqui mesmo no Baixaki.

Cupons de desconto TecMundo: