(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

Mal o Windows Phone 8 foi lançado e parece que a plataforma está seguindo em direção ao esquecimento. O fato é que, segundo fontes do DigiTimes, quase todas as empresas (com exceção da Nokia, apenas) não estão mais interessadas em investir na produção de novos aparelhos com o sistema operacional da Microsoft.

Os motivos para isso seriam vários. Primeiro, temos a “fatia” da plataforma no mercado de smartphones: diferente das especulações da Microsoft, que previa que o Windows Phone tomaria 10% do mercado, o aparelho só chegou a 3% do público.

Investimento pouco atrativo

Outro problema seria causado pela própria Microsoft – ou mais exatamente, pelas altas taxas que ela cobra para o uso do Windows Phone 8 em um aparelho. Em comparação aos custos para desenvolver um smartphone com Android, as empresas se mostraram muito mais interessadas no sistema da Google, que é completamente grátis.

Por fim, as empresas têm reclamado consideravelmente da falta de liberdade para alterar o Windows Phone 8, o que faz com que todos os aparelhos tenham basicamente a mesma aparência. Com isso, competir com os smartphones da Nokia tem se mostrado uma tarefa difícil.

Cupons de desconto TecMundo: