A Microsoft parece bastante satisfeita com o desempenho da sua divisão de smartphones no Brasil. De acordo com Stephen Elop, o chefe do setor mobile da companhia, o Brasil “está entre os dois primeiros mercados do Windows Phone em termos de unidades vendidas”. Essa declaração foi dada durante um encontro com jornalistas brasileiros.

O executivo ainda atribui o sucesso da empresa por aqui ao fato de os preços serem baixos em relação à concorrência. “Adotamos faixas de preço agressivas no Brasil” e, por isso, os negócios estariam indo muito bem. Ele não mencionou números concretos, entretanto.

Um recente relatório do IDC mostrou que mais da metade dos smartphones vendidos no Brasil em 2014 foi de aparelhos intermediários. Por isso, a Microsoft tem focado em dispositivos dessa categoria e também nos de baixo custo, que ajudam a “crescer o bolo”. Outra marca que tem surfado nessa onda é a Motorola, que emplacou pelo segundo ano seguido um intermediário como o smartphone mais vendido do país (Moto G em 2013 e Moto G 2ª Ger. em 2014).

De igual para igual com a Maçã

Elop comparou ainda o desempenho da sua companhia com o da Apple por aqui. “Hoje já competimos de igual para igual com a Apple no Brasil em termos de participação de mercado e unidades vendidas”, explicou. Recentemente, o Windows Phone voltou à segunda colocação do ranking das plataformas mobile mais vendidas no país, deixando o iOS novamente em terceiro lugar. O Android, entretanto, lidera com  91% de participação nas vendas.

No último trimestre de 2014, a Microsoft diz ter vendido 10,5 milhões de aparelhos Windows Phone em todo o mundo. Elop, entretanto, não revelou números regionais.

Cupons de desconto TecMundo: