Parece que a Microsoft está promovendo alterações protecionistas bem mais radicais do que só mudar o nome da linha de celulares de Nokia para Microsoft Lumia. Agora, a empresa resolveu tirar todos os serviços criados por outras desenvolvedoras de uma das coleções de apps mais famosas da loja do Windows Phone.

Trata-se da Lumia Collection, que tem como objetivo apresentar aplicativos essenciais para os usuários de Windows Phone. Especialmente pelo destaque na loja, ela é bastante usada por quem acabou de comprar um aparelho da marca ou começou agora a experimentar o sistema operacional.

Anteriormente, a coleção contava também com games, players de várias mídias e ferramentas variadas que se destacavam de alguma forma. Agora, ela foi remodelada e só oferece serviços da Microsoft, como o MixRadio e o Criador de Toques. Curiosamente, o pacote HERE (Maps, City Lens e Drive+) foi mantido.

Apesar de a medida ser considerada radical demais por muita gente, alguns usuários celebraram: segundo eles, a Lumia Collections havia saído de controle e passou a exibir apps em excesso para uma lista restrita de essenciais, além de alguns com qualidade duvidosa.

Cupons de desconto TecMundo: