Embora muitas pessoas ainda não tenham feito a transição para o Windows 8, a Microsoft já está planejando o sucessor do sistema operacional. Conhecida simplesmente pelo nome Blue, a nova versão da plataforma promete apresentar ferramentas novas que não só facilitam a vida dos usuários como se distanciam ainda mais das experiências proporcionadas pelos desktops tradicionais.

Como já se tornou tradição no mundo da tecnologia, não demorou muito para que o produto caísse na internet. Conhecida como Build 9364, a versão preliminar do novo software já mostra algumas mudanças que ele deve apresentar quando finalmente chegar às lojas — algo que deve acontecer até o final de 2013.

O Tecmundo teve acesso à forma atual do Windows Blue e, neste artigo, traz a você todas as novidades apresentadas por ela. A intenção é destacar o que há de novo em relação ao Windows 8 e não realizar uma análise do novo sistema operacional, já que isso se mostraria bastante difícil devido à forma incompleta de muitas de suas ferramentas.

Novas opções de personalização

A primeira novidade apresentada pelo Windows Blue está relacionada ao tamanho dos “tiles” usados pelos aplicativos exibidos em sua tela inicial. Agora, é possível expandi-los para ocupar um total de quatro espaços ou diminuí-los a ponto de eles ocuparem um espaço mínimo da tela, processo que faz com que seus nomes se tornem invisíveis.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Como a Build 9364 se trata de uma versão preliminar do sistema, não demora até que alguns problemas sejam detectados. Não só nem todos os aplicativos são compatíveis com todos os tamanhos de tiles disponíveis como há algumas limitações na hora de agrupá-los — atalhos que ocupam somente um espaço são interpretados como se ocupassem quatro, por exemplo.

Uma novidade que deve agradar é o fato de que agora é possível selecionar e mover diversos ícones de forma simultânea, o que deve facilitar a organização da tela inicial. Também vale observar que, para realizar qualquer modificação, é preciso selecionar o botão “Customize” (Customizar), solução que evita mover programas de lugar por acidente.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Para completar, também é possível alterar a cor e a imagem de fundo da tela inicial a partir da barra de configurações exibida no canto direito da tela. Porém, devido às limitações apresentadas pela Build 9364, ainda não é possível ver a figura escolhida ser aplicada ao computador.

Novos aplicativos

Outra novidade vista no Windows Blue é a presença de três novos aplicativos. Enquanto opções como “Alarms” (Alarmes), “Calculate” (Calculadora) e “Sound Recorder” (Gravador de Som) apresentam funções antigas com uma roupagem nova, o aplicativo “Movie Moments” promete oferecer algo mais interessante.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Ao abrir o programa, nos deparamos com uma mensagem da Microsoft que proíbe a divulgação de qualquer vídeo criado com a ajuda das ferramentas oferecidas. Infelizmente, não foi possível testar as opções disponibilizadas pelo software devido ao seu formato incompleto — porém, todo o segredo feito pela desenvolvedora indica que alguma novidade de peso está sendo preparada para o novo editor de vídeos.

Suporte aprimorado a tarefas simultâneas

Algo que chama a atenção no Build 9364 é o fato de ele permitir trabalhar com diversos aplicativos de forma simultânea de maneira simples. Para isso, basta selecionar qualquer programa aberto e arrastá-lo para o centro da tela até uma divisão vertical aparecer — ao todo, três programas podem ser organizados dessa forma.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Com um simples clique e arrastar do mouse (ou do dedo, caso você use um monitor touchscreen), é possível ajustar livremente a área destinada a cada uma das tarefas. Com isso, se torna mais prático realizar atividades como navegar pela internet ao mesmo tempo em que você verifica o recebimento de novas mensagens na caixa de entrada do Outlook, por exemplo.

O que chama a atenção é o fato de esse novo sistema trabalhar de forma bastante intuitiva e rápida mesmo na versão preliminar do sistema operacional. Ao que tudo indica, a Microsoft deve aprimorar ainda mais essa novidade, oferecendo novas opções para quem gosta de realizar diversas tarefas de maneira simultânea.

Configurações reorganizadas

Como forma de facilitar a vida tanto de usuários novos quanto daqueles que já estão acostumados ao Windows 8, a Microsoft realizou uma mudança geral nos menus de configuração do sistema operacional. Agora, não só é possível ajustar pequenos detalhes como se tornou mais fácil encontrar o campo exato que é preciso acessar.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Para tornar o processo de realizar modificações mais simples, também foi incluído um campo de buscas próprio que permite pesquisar por palavras-chaves de maneira rápida. Quem não se acostumar com a nova configuração pode voltar a usar os menus da forma como foram concebidos para o Windows 8 através do campo “Switch to Win8 ver” — ação que exige que o computador seja reiniciado.

O que mais chama a atenção, no entanto, é a presença de uma área dedicada exclusivamente às configurações do SkyDrive. Com isso, se confirmam os rumores de que a Microsoft está planejando aprimorar a forma como seu sistema operacional se integra com a nuvem — ao que tudo indica, será possível configurar o envio automático de documentos de texto, músicas e vídeos (entre outros) para o serviço da empresa.

Internet Explorer 11

Outra novidade que acompanha a Build 9364 é o Internet Explorer 11, adaptado tanto à interface própria do Windows Blue quanto a seu modo desktop. Em quesitos gerais, não é possível detectar muitas diferenças em relação ao que foi visto na versão 10 do programa, já que sua interface básica permanece exatamente a mesma.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

A grande novidade apresentada pelo navegador é a inclusão de um sistema que permite sincronizar as abas abertas entre diferentes PCs. Assim, você pode iniciar a leitura de um artigo em casa e terminá-la no trabalho de forma facilitada, sem ter que ficar enviando a si mesmo os links relacionados ao conteúdo desejado.

Mudanças discretas

Apesar de a versão preliminar do Windows Blue trazer uma série de novidades, a sensação que fica é a de que estamos lidando com um sistema operacional bastante familiar. Exemplo disso é o modo Desktop, que em sua essência permanece exatamente o mesmo visto no sistema operacional atual da Microsoft.

(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

A não ser que a empresa faça uma série de mudanças substanciais até que a versão final da plataforma seja lançada (algo que é bastante improvável de acontecer), ela não deve representar um grande salto em relação ao que está disponível atualmente no Windows 8. Tal qual acontece no mercado de dispositivos portáteis, parece que a companhia está focando esforços em aprimorar áreas específicas da plataforma, deixando de lado mudanças bruscas que possam dificultar a vida dos consumidores.

Embora ainda não dê uma ideia completa do que deve ser apresentado pelo Windows Blue, a Build 9364 mostra que as mudanças vistas nele devem surgir de forma ligeiramente conservadora. Decisão compreensível quando se leva em conta que a Microsoft ainda tem dificuldades em estabelecer seu espaço no mercado de tablets, algo que poderia ser prejudicado por qualquer alteração radical naquele que é seu principal produto.

Cupons de desconto TecMundo: