A nova presidente do Windows (Fonte da imagem: Reprodução/Microsoft)
Na Microsoft, a nova cabeça que assumiu a presidência da divisão responsável pelo Windows é Julie Larson-Green. A executiva assumiu o cargo depois que um dos principais funcionários da empresa, Steven Sinofsky, anunciou sua saída depois de 23 anos.

Larson-Green já começou a dividir algumas de suas visões no novo cargo e apresentou pontos interessantes durante uma entrevista ao site MIT Technology Review. A nova chefe do departamento do Windows tem como um dos principais objetivos encorajar os consumidores a aderirem ao novo sistema operacional lançado recentemente pela Microsoft.

Um dos pontos principais abordados na entrevista refere-se ao fato de que o Windows 8 possui um design claramente voltado ao toque — além de muitos PCs com o novo sistema operacional serem touchscreen. No caso, a presidente acredita que o toque na tela é uma forma natural e mais rápida de se interagir.

Além disso, Larson-Green também afirmou que a maioria dos computadores será sensível ao toque no futuro, já que, uma vez que você experimenta esse formato de interação, é difícil voltar ao antigo.

iPad na história

A presidente ainda contou durante a entrevista que o Windows 8 começou a ser planejado em junho de 2009, antes do lançamento do Windows 7 e quando o iPad ainda era apenas um rumor. Segundo Larson-Green, ela só viu um iPad depois que eles já possuíam o projeto do novo sistema operacional (voltado, inclusive, ao touchscreen) pronto para ser produzido.

Aparentemente, várias coisas que a Apple estava fazendo quanto à questão dos dispositivos móveis e sensíveis ao toque eram similares ao que eles já estavam pensando, mas também  existiam algumas diferenças.  

Windows 8 e mudanças

De acordo com Larson-Green, as pessoas demoram cerca de dois dias a duas semanas para se adaptar ao Windows 8 — a companhia possui um programa que acompanha a adaptação por alguns meses e muitos não têm apresentado problemas com isso. Além disso, a Microsoft acredita que 90% dos clientes conseguem utilizar bem a tela de início do Windows 8 logo na primeira sessão.

Quanto às mudanças previstas agora que está no cargo, Larson-Green afirmou que trabalhou diretamente com Steven Sinofsky (ex-presidente do setor) por sete anos e que o conhece por todo o tempo que ele esteve na companhia. Assim, eles possuem pensamentos parecidos quanto ao papel do Windows na sociedade, como a computação se parece e sobre como levar as pessoas a bordo com esse ponto de vista.

Cupons de desconto TecMundo: