O Windows 8 pode até ter um desempenho melhor nos PCs e, por conta disso, está agradando ao público, mas quem não está gostando nada da novidade são os desenvolvedores, em especial os ligados à produção de jogos. Nos últimos dias, diversos deles vieram a público para questionar as políticas adotadas pela Microsoft.

Chris Delay, da Introversion Software, comparou as mudanças feitas no Windows 8 com o estilo de política adotado pela Apple. “Eles estão com inveja do estilo da Apple. No passado, eles foram bem-sucedidos, mas depois disso ficaram sentados observando a Apple deixá-los para trás. No fundo, eles querem lucrar com os royalties que a Apple ganha com a loja para iOS”, afirmou.

Outras diretrizes, como a iniciativa de não promover conteúdo voltado para faixas etárias mais altas, também não agradaram às empresas como a Valve, por exemplo. Entretanto, ao menos nesse caso, a dona do Windows 8 recuou e decidiu rever o seu posicionamento.

“O problema para nós não é o fato de que o conteúdo só pode ser baixado a partir da Windows Store. É até legal saber que agora há um lugar para centralizar tudo isso. O problema é que tudo que entra lá precisa ser certificado pela Microsoft. Eles proibiram modding, por exemplo, e podem muito bem proibir softwares livres se quiserem”, finalizou.

Cupons de desconto TecMundo: