(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

O blog de desenvolvimento do Windows 8 publicou nesta quinta-feira (17) mais um texto explicativo sobre detalhes do sistema operacional. Desta vez, o tema envolve os aplicativos construídos para funcionarem em integração com a interface Metro.

O aplicativo também vai mostrar que tipo de permissões ele pede para ser utilizado, desde o uso de aplicativos multimídia ou conexão com a internet até informações pessoais. Além desses “empréstimos”, cada programa ainda terá sua própria biblioteca de dados e configurações, tentando interferir o mínimo possível no sistema geral sem que você aprove tais ações.

Um shopping de softwares

Outro aspecto importante é a Windows Store. Ela vai fornecer espaço para avaliações do aplicativo ou dúvidas sobre o seu funcionamento, além de contabilizar dados como quantos erros ele apresentou, por exemplo.

A Store fornece todos os dados sobre o aplicativo. (Fonte da imagem: Reprodução/Building Windows 8)

A ideia da Microsoft é ganhar a confiança de quem está usando o Windows 8 – e que essa pessoa se acostume a baixar mais e mais aplicativos. Serão incluídas, portanto, funções como a instalação em um clique e o monitoramento de erros, tudo isso sem precisar de ajuda do desenvolvedor original: tudo fica a cargo da própria Microsoft.

A segurança também é uma preocupação: para ser aprovado na Windows Store, o aplicativo precisa declarar todos os serviço que ele usará no aparelho, além de contar com o recurso da sandbox.

Fonte: The Verge, Building Windows 8

Cupons de desconto TecMundo: