"Um celular corporativo". Esse pode ser o slogan do TyTN II da HTC, um aparelho completo, elegante e resistente para aguentar qualquer tranco. Também conhecido com HTC Kaiser, o TyTN II sai da caixa com Windows Mobile 6 Pro, teclado QWERTY deslizante e pacote completo de conexões que contempla 3G, Wi-fi e Bluetooth. Para quem precisa estar 24 horas ligado, não dispensa as ferramentas básicas do Windows – Word, Excel e PowerPoint – e responde a muitos emails, o TyTN II faz tudo isso e muito mais. Ele não é um aparelho novíssimo, pois foi lançado em 2007, porém ainda continua vivo para disputar espaço com smartphones mais atuais.
Primeiras impressões
As primeiras impressões sobre o pocket PC mais poderoso do mundo, de acordo com a HTC, são bem positivas, pois até a embalagem é pensada para mostrar a qualidade e cuidado da marca com o cliente. As caixas que abrigam os celulares da HTC são muito elegantes, desta forma o aparelho vem muito bem acomodado e em grande estilo.
A caixa por foraCaixa por dentro
Especificações
Por ser considerado pela HTC o pocket PC mais poderoso do mundo, o TyTN II pega pesado nas configurações. Super completo, você vai poder se dar ao luxo de desprezar muitos itens, dada a quantidade de funcionalidades.

Tabela de especificaçõesConteúdo da embalagem
Ao abrir a caixa do HTC você encontra: aparelho, fone de ouvido com entrada ExtUSB, carregador de bateria com entrada microUSB, capa protetora em couro, caneta Stylus, guia de início rápido, CD de introdução ao Windows Mobile, CD de aplicativos e um manual de instruções generoso, com 276 páginas.

Ao tirar o telefone da embalagem vem a surpresa: o peso. Com 190 gramas o pocket PC não é nem um pouco confortável para manejar nem carregar. Tudo bem, o teclado QWERTY precisa ser levado em consideração, mas o aspecto mobilidade, ainda mais no caso de um pocket PC, que agrega várias ferramentas essenciais, faz toda a diferença.  

Conteúdo da caixa

A bolsa que acompanha o aparelho é muito bonita e resistente, mas com um clipe para prender no cinto - neste ponto, a elegância vai por água abaixo. Os fones são de boa qualidade, mas não fixam muito bem na orelha, e com entrada proprietária da HTC, se eles quebrarem somente fones com a entrada HTC ExtUSB são suportados. O mais importante é que eles podem ser usados para realizar chamadas por meio de comandos de voz, basta gravar uma entrada antecipadamente e apertar um pequeno botão que está junto ao captador de voz do fone.

O manual de instruções é bem completo, tendo em vista a quantidade de ferramentas e funções que o TyTN II oferece. Não é exagero dizer que a espessura dele é proporcional à do celular, pois com 1,9 cm de altura do aparelho, 276 páginas não ficam muito atrás. Os CDs não têm nada de mais. O disco de aplicativos traz três programas para backup e o CD de introdução ao Windows Mobile oferece opções de gerenciamento de aplicativos Windows e uma versão Trial do Outlook 2007 que funciona por 60 dias. 

Conteúdo do CD Windows Mobile

O aparelho por fora
Elegante e robusto, o TyTN II tem tela deslizante que esconde um confortável teclado QWERTY, porém, apesar de as teclas terem um tamanho considerável, são um pouco duras, o que pode ser bem cansativo para quem precisa digitar por muito tempo. Além da facilidade de um teclado físico, outra sacada interessante é o fato de a tela inclinar até 40 graus, desta forma o aparelho se transforma em um mini desktop. 

A tela em até 40°

Na parte inferior há uma entrada para cartão de memória microSD de até 1 GB que facilita muito a troca do cartão, entrada microUSB que serve para o fone de ouvido, cabo de dados e carregador e a caneta stylus que fica acoplada ao telefone - desta forma sempre que você precisar dela (e você vai precisar), ela estará disponível.

Entrada bacana para cartão de memóriaCanetinha sempre à mão
   
Do lado esquerdo você encontra três botões. Um para acesso rápido ao menu Iniciar do Windows Mobile, o outro é atalho para a lista de contatos e o terceiro serve para facilitar o acesso ao recurso de chamada por reconhecimento de voz. Na parte de trás se localizam a câmera de 3.0 megapixels, auto-falante e a antena GPS. Interessante a localização do SIM, pois basta deslizar o teclado para ter acesso ao cartão. Desta forma, não é necessário retirar a bateria ou tampa traseira para trocar de chip, pois o espaço destinado a ele está sob a tela.

Botões para acesso rápidoCâmera para fotos cotidianasEntrada para chip muito prática

Na parte da frente você encontra uma tela touchscreen resistiva de 2,8 polegadas, nove botões físicos para facilitar a navegação e uma câmera para videochamadas. Além disso, a saída de áudio nas chamadas contempla dois LEDs que sinalizam quando o sistema Bluetooth está ligado (LED azul do lado direito) e quando o aparelho está em modo de espera (LED verde do lado esquerdo). 

Câmera para videochamadasO aparelho por dentro – Sistema operacional
É fato que o Sistema Operacional pode fazer toda a diferença em um smartphone, especialmente se ele é repleto de recursos. É o caso do HTC TyTN II: com Windows Mobile 6, ele possui funções e programas familiares aos usuários Windows, mas com menus e teclas sensíveis ao toque muito pequenas. Sendo assim, dedos grandes nem pensar!

Quando se fala em Windows Mobile, uma palavra sempre estará intrinsecamente ligada ao SO: stylus.  A canetinha é parceira inseparável na hora da navegação, por isso ela tem lugar reservado na lateral do aparelho. Ponto positivo na hora de enviar e compartilhar arquivos do PC para o aparelho, pois a integração com o Windows é muito simples e não exige a instalação de nenhum programa de gerenciamento de conteúdo. 

QWERTY e Stylus

O que incomodou muito foi o tempo que o aparelho levou para ligar. O boot do celular durou um minuto e sete segundos, tempo muito elevado para qualquer aparelho. Contudo, este é um problema – aparentemente – generalizado nos aparelhos da HTC, pois o HTC T2223 e o HTC Diamond têm tempos semelhantes ou ainda maiores de boot.Programas
Com Word, Excel e PowerPoint, Windows Media Player, Adobe Reader, gravador de voz, Messenger, descompactador de arquivos ZIP, Internet Explorer, ActiveSync e muito mais, todo o “grosso” do Windows está aqui e, para facilitar ainda mais, basta apertar o menu Iniciar no canto superior esquerdo para ter acesso a todos estes recursos.  Além dos aplicativos para arquivos, o aparelho possui calendário, agenda, organizador de arquivos, administrador de tarefas e um supergerenciador de conexões chamado Comm Manager. 

menu Iniciar não poderia faltar

Interface do aparelho
Apesar de ser um modelo não muito novo, o HTC TyTN II tem uma interface bonita, moderna e elegante. Isso porque, o plugin HTC Home mostra diversas funcionalidades do celular por meio de guias, desta forma é possível acessar: agenda de favoritos, informações sobre o clima, iniciador (janela de atalhos para os programas que você mais usa) e som - uma aba que contempla várias configurações relativas aos sons do dispositivo. Para alternar entre os menus, basta tocar com o dedo ou a stylus sobre o que deseja. 

plugin HTC

Câmera fotográfica e filmadora
Com duas câmeras o HTC TyTN II não faz feio na hora do “X”. A câmera principal é de 3 Megapixels CMOS com zoom digital de até 8x. A secundária, localizada sob a tela, é VGA destinada a videochamadas. Sobre a câmera de videochamada não há muito a comentar, salvo o fato de ela ter uma boa qualidade e trazer alguns recursos como controle de proporção de branco e efeitos como o preto e branco e sépia, por exemplo.

Já a câmera principal é satisfatória para a captura de imagens cotidianas, tendo em vista que não oferece muitas opções de efeitos e a qualidade não é das melhores. O mais interessante, é que há oito formatos de uso: foto, vídeo, vídeo MMS, imagem para a agenda de contatos, tema de imagem, panorama, esporte e disparo contínuo. Os modos “Tema de imagem” e “Panorama” são os mais interessantes, pois com o primeiro é possível se divertir clicando pessoas como se elas fossem capas de uma revista, já no segundo, você pode fotografar paisagens e montar uma única imagem com três fotografias.

Se divertindo com os temas

Modo Panorama

No modo foto, no entanto, os recursos são poucos. Há apenas alguns efeitos (sépia, preto e branco, negativo e frio), controle da resolução da imagem e o ajuste sofrível do zoom, que é difícil de controlar e demora muito para aproximar a imagem. A câmera de vídeo também não tem destaques, pois oferece recursos simples e o som captado é de baixa qualidade. Um flash não faria mal, pois em ambientes mais escuros ou ao pôr do sol as imagens não ficam muito boas.

Foto ao anoitecerFoto em local fechado e iluminadoFoto em local aberto e bem iluminado

Internet
Muitos torcem o nariz para o Internet Explorer. Se você tem intenção de usar apenas este navegador no TyTN II é melhor pensar duas vezes. A navegação pela internet é bem rápida usando o Wi-fi, contudo o navegador da Microsoft não permite uma experiência agradável, tendo em vista que as páginas visitadas ficam totalmente desconfiguradas. Uma boa alternativa é o navegador Opera Mobile. Por ser Windows, os serviços do Windows Live sempre ficam à mão na home do celular, desta forma é muito fácil ter acesso à emails, MSN e contatos. Neste ponto, o aparelho dá show de agilidade.
O QWERTY
É fato que o teclado QWERTY do aparelho é bem completo, mas também confuso. Com mais de um sinal gráfico por tecla, é preciso treino para descobrir onde e o quê apertar para inserir o que você deseja. Ponto positivo pelo fato de ele ser bem iluminado, com isso é mais fácil digitar em ambientes com pouca luz e as teclas levemente curvadas também facilitam o tato e sensibilidade.
Luzes e QWERTY
   
Porém, como o celular não tem acelerômetro, para visualiza-se a tela em formato paisagem somente abrindo o QWERTY. Além disso, o aparelho demora cerca de dois a três segundos para virar a imagem, dependendo do número de aplicativos abertos ao mesmo tempo. Não que o tempo seja um absurdo, mas é perceptível e incomoda algumas vezes.

QWERTY e touchscreenteclado grande e espaçoso
Preço e venda
Com todos estes recursos e por ser uma marca de peso, é natural que o TyTN II custe caro e, de fato, realmente custa. De acordo com a assessoria de imprensa da HTC, o modelo está disponível para venda apenas na operadora Claro pela internet e em algumas lojas físicas. Ele é vendido com um plano 3G, sendo assim, o preço começa em R$1.149,00 e chega até R$2.699,00.
Vale a pena?
Sem dúvida, os aparelhos da HTC são de ótima qualidade e, no caso do TyTN II isso chega ao extremo. A capacidade de processamento do produto é muito boa, a gama de opções de conexão, pacote de aplicativos e widgets interessantes pesam muito na hora da compra.

Contudo, o tamanho e peso do TyTN II não agradaram em nada. Além disso, o Windows Mobile até pode ser completo, mas no quesito funcionalidade e facilidade de uso, fica muito aquém dos concorrentes.

Fica evidente que o foco do produto não é o entretenimento, desta forma câmeras potentes, jogos, tocador de música ou rádio não são a praia do TyTN II. O preço também não é muito atraente, desta forma concorrentes de peso como o BlackBerry,  Nokia N97 ou E75, LG GT810H podem sair na frente na preferência do consumidor.

HTC ameaçado pela concorrência

Se você quiser saber tudo sobre os celulares da HTC e de outras marcas, consulte nossa área sobre tecnologia e saia na frente na hora de escolher seu novo celular.

Cupons de desconto TecMundo: