Se você ainda não possui, vale a pena fazer uma unidade de recuperação do Windows. Para quem não conhece o conceito, aqui vai uma rápida de explicação: estamos falando de mídias removíveis (geralmente pendrives, mas também podem ser CDs/DVDs) que podem ser utilizadas para reparar problemas no SO caso ele esteja com algum defeito grave.

Ao adquirir um computador ou notebook novo, geralmente você receberá junto um disco que serve exatamente para esse propósito. Mas não é preciso se preocupar caso você não tenha um desses CDs: é extremamente fácil criar uma unidade de recuperação usando seu próprio computador, guardando essa ferramenta em um pendrive que possua ao menos 512 MB de espaço para armazenamento.

No novo Windows 10, a primeira coisa que você precisa fazer é clicar na caixa de pesquisa (aquele campo de texto localizado ao lado do botão Iniciar) e escrever “recuperação”. Conforme exemplificado na imagem a seguir, o sistema já encontrará a opção “Criar uma unidade de recuperação”. Clique nela e certifique-se de que seu pendrive já está conectado através de uma porta USB.

Na primeira janela apresentada, você pode escolher se deseja ou não fazer um backup dos seus arquivos na unidade de recuperação. Trata-se de algo opcional – tenha em mente que o processo vai demorar bem mais se você marcar essa caixinha de seleção, já que o Windows terá que fazer uma cópia de uma quantidade bem maior de dados – e exigirá uma mídia removível com maior capacidade de armazenamento. Independentemente de sua escolha, clique em “Avançar”.

No segundo passo, selecione a letra correspondente ao pendrive conectado no seu computador (no nosso caso, é a unidade F:\). Caso você não tenha certeza qual é a mídia correta, simplesmente abra a janela Meu Computador e confira qual letra está atrelada ao dispositivo em questão. Tome muito cuidado para não selecionar a opção errada, ou você pode acabar formatando todo o seu disco rígido sem querer!

Pronto! O Windows primeiramente formatará seu pendrive, e, em seguida, começará a gravar nele todos os dados necessários para transformá-lo em uma unidade de recuperação. A partir de agora, caso você tenha algum problema com seu PC (mesmo que não consiga iniciá-lo), basta usar essa mídia para tentar consertar o problema.

Cupons de desconto TecMundo: