Os aplicativos do Windows 10 não contam apenas com um visual remodelado, mas também são capazes de executar funções interativas. Serviços integrados de email, mapa e calendário, por exemplo, são inteligentes e informam ao usuário diversas notificações. A Central de Ações, outra das novidades da mais recente versão do sistema, mantém o internauta atento aos processos executados pelo PC.

Alguns softwares de caráter acessório, porém, podem engasgar o computador. Seja por algum tipo de incompatibilidade ou consumo exagerado de memória RAM, problemas de desempenho podem acometer as mais cotidianas das operações.

Mas desativar os programas que rodam em segundo plano é possível. Aprenda agora a cancelar a execução de aplicativos não fundamentais ao sistema e otimize o funcionamento de sua máquina agraciada pelo Windows 10.

Desative apps em segundo plano

Acesse a opção “Configurações” (ou “Settings”, como em nosso caso) a partir do Menu Iniciar. Clique então sobre “Privacidade”.

Abra a sessão “Aplicativos em segundo plano” e desative os programas que não são frequentemente usados. É importante deixar claro que, mesmo quando não habilitados a funcionar em segundo plano, os softwares serão executados normalmente quando abertos. Entretanto, ações como o envio e recebimento de dados e a busca por updates não serão mais feitas automaticamente.

Se os assistentes “Fotos” ou “Groove Música” forem desativados nos conformes dos comandos mencionados acima, basta clicar duas vezes sobre uma imagem e também sobre um arquivo de áudio e selecionar os respectivos programas para a reprodução das extensões.

Aplicativos executados em segundo plano comprometem o desempenho do Windows 10? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: