Falta pouco menos de duas semanas para que o Windows 10 faça sua estreia oficial — lembrando que isso acontecerá globalmente no dia 29 de julho. Como não poderia ser diferente, continuam surgindo novidades sobre o SO, sendo que a mais recente delas é relacionada ao sistema de atualizações automáticas que estará presente. Mas o que mudou do Windows 8 pra cá?

A partir de agora, as atualizações automáticas não serão apenas uma opção. Para garantir a segurança do sistema operacional, a Microsoft está alterando os termos de contrato e tornando obrigatórias as instalações. Isso significa que todos os usuários do Windows 10 terão acesso automático às novidades e correções lançadas pela desenvolvedora.

O site Re/Code recebeu o seguinte comunicado da Microsoft: "Os termos da licença do Windows 10 vai requerer que as Atualizações Automáticas estejam habilitadas como parte do processo de manutenção da segurança dos consumidores e da entrega do Windows como um serviço.". 

Ainda não existem informações concretas sobre isso, mas é esperado que o Windows 10 conte com atualizações mais frequentes do que as que foram vistas em versões anteriores do sistema. Como já ficou claro, isso tudo faz parte de uma tentativa da Microsoft de manter o sistema operacional mais estável e livre de ameaças.

As atualizações automáticas do WIndows 10 deveriam mesmo ser obrigatórias? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: