Windows 10 deve ser distribuído dentro de pendrives

1 min de leitura
Imagem de: Windows 10 deve ser distribuído dentro de pendrives
Fonte: Forbes
Avatar do autor

Com o Windows 10, a Microsoft pretende fazer uma mudança substancial na maneira como atua no mundo dos sistemas operacionais. Prova disso é que as versões físicas da nova plataforma devem ser distribuídas através de pendrives, deixando de lado os velhos discos de instalação.

Segundo o site WinFuture.de, vai ser possível encontrar nas lojas versões do sistema em DVD, mas essa não deve ser a opção mais difundida. O uso de dispositivos USB como fonte de instalação faz bastante sentido, especialmente quando se leva em consideração que muitos aparelhos como ultrabooks já deixaram de lado os drives de leitura.

A Microsoft deve apostar em pendrives com as versões Home e Professional do Windows 10 em suas variações de 32 e 64 bits. Segundo a página, essa versão vai ser vendida por US$ 144 (pelo sistema mais básico) e US$ 238 para quem procura uma experiência mais completa. Vale notar que os valores tendem a mudar caso essa opção de distribuição seja confirmada pela Microsoft.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Windows 10 deve ser distribuído dentro de pendrives