Durante o anúncio de sua parceria com fabricantes chinesas que deve resultar no lançamento de novos dispositivos Windows 10, a Microsoft divulgou uma informação interessante para o futuro da plataforma. Uma versão de testes do sistema deve ser disponibilizada em breve para o smartphone Mi 4, substituindo completamente o Android — indício de que o mesmo poderá ser feito em outros dispositivos.

Com isso, é fácil estabelecer comparações entre a maneira como Windows 10 deve funcionar e ROMs personalizadas, como aquelas desenvolvidas pela Cyanogen. Aparentemente, uma opção dual-boot não deve ser disponibilizada aos consumidores — estratégia que a Microsoft já tentou anteriormente no mercado indiano.

O conceito de disponibilizar o sistema operacional nesse formato se mostra bastante interessante para seu crescimento futuro. A realização de testes iniciais no mercado chinês se mostra uma decisão sábia da Microsoft, visto que os consumidores do país são bastante adeptos ao uso de ROMs customizadas e lojas de aplicativos alternativas ao Google Play.

Chance de competir com o Android e o iOS

O apoio Xiaomi se mostra especialmente importante visto a grande aceitação que a fabricante tem no mercado oriental. Caso os testes com o Mi 4 se provem bem-sucedidos, isso pode dar o fôlego que o Windows 10 precisa para competir com o próprio Android e com o iOS — especialmente no segmento de dispositivos mais poderosos.

Vale notar que a Xiaomi deixa claro que seu envolvimento com o novo sistema operacional é mínimo, o que se reflete na falta do anúncio de um lançamento específico a ele. Com isso, a empresa está simplesmente oferecendo a seus consumidores outra ROM com a qual eles podem “brincar”, provavelmente esperando o resultado dessa ação para decidir se deve aumentar ou não seu grau de comprometimento.

Cupons de desconto TecMundo: