Adotando uma postura ligeiramente diferente da do passado, a Microsoft decidiu encerrar o suporte oficial a “parte” do Windows 10 em março deste ano. A partir desse mês, quem possuir a instalação original do sistema operacional vai deixar de receber novos recursos e atualizações de segurança.

Em outras palavras, será preciso instalar a conhecida “Atualização de Aniversário” para continuar desfrutando das novidades que a companhia prepara para seu sistema operacional. Para manter seu PC protegido, vai ser necessário se assegurar de não possuir a Build 1507 da plataforma instalada após o fim do período.

O fim do suporte a versões 'velhas' obriga usuários a sempre se manterem atualizados

Ao adotar essa postura, a companhia pretende se aproximar do sistema usado pela Apple com o MacOS. O fim do suporte a versões “velhas” obriga usuários a sempre se manterem atualizados, podendo desfrutar de funções novas — ao mesmo tempo, isso libera os funcionários da Microsoft da obrigação de disponibilizar suportes a diferentes builds do mesmo sistema de forma simultânea.

A promessa da companhia é manter sempre o suporte ativo a duas atualizações consideradas “grandes”. Como o Creators Update deve chegar aos consumidores em abril, faz sentido que a Atualização de Aniversário seja mantida como o patamar mínimo ao qual um consumidor deve se enquadrar para continuar obtendo suporte oficial.

Cupons de desconto TecMundo: