Que a Microsoft mudou muitos recursos no seu sistema operacional Windows 10, não é novidade para ninguém, correto? Mas algumas funcionalidades ainda permanecem parecidas. Um bom exemplo disso está em alterar contas para acessar o sistema.

Essa função geralmente tem como intuito criar perfis para várias pessoas que utilizam uma mesma máquina, deixando tudo separado por gerenciador. Existem dois tipos de contas que podem ser criadas no Windows:

  • Administrador: uma conta que tem acesso a todos os tipo de ferramentas do sistema, ou seja, não tem limitações
  • Básica: Contas geradas pelo administrador dá máquina, geralmente para pessoas que não vão ou não precisam utilizar funções mais avançadas. Nesse tipo de conta é possível travar funções de acordo com o que administrador achar que precisa.

E, como sabemos bem, o administrador pode tirar e dar privilègios para contas básicas, até alterar contas, variando entre básica e administrador. Ao iniciar um computador pela primeira vez, por padrão, a primeira conta sempre vai ser administrador. A partir dela é possível criar os outro perfis, veja abaixo o caminho:

  • Configurações (Settings)
  • Contas (Accounts)
  • Família e outros usuários
  • Determinar, através do pop-up, antes da finalização, se a conta será básica ou administrador.

DICA: É de extrema importância analisar muito bem os perfis que serão criados como administradores na máquina em questão — visto que esse tipo de perfil não tem restrição quanto a instalação de softwares, acesso às configurações e outras funções que podem ser extremamente prejudiciais.

********

Este texto faz parte do programa TecMundo Experts, pelo qual leitores com alguma especialidade em tecnologia podem encaminhar seus conteúdos para o TecMundo. As matérias publicadas aqui são enviadas de modo voluntário e sem vínculo empregatício.

Cupons de desconto TecMundo: