Como muitos de nossos leitores já devem saber bem, o Windows 10 tem seguido uma estratégia um tanto agressiva para “convencer” o público a atualizar seus PCs para o novo sistema operacional, que consistia em basicamente obrigar os usuários a aceitarem o update. Felizmente, porém, aqueles que desejam ficar com seu SO antigo vão poder finalmente negar a oferta da empresa de uma vez por todas, e não apenas adiá-la.

De acordo com o site The Verge, a Microsoft acaba de fazer uma pequena mudança na janela da oferta de upgrade para o Windows 10. Agora, no lugar de poder apenas aceitar ou agendar a atualização, você pode simplesmente recusar a oferta, como é possível ver na imagem abaixo:

Para muitos, a alteração pode ser um tanto surpreendente – até porque, como falamos antes, a Microsoft havia recentemente tornado seu sistema de ofertas ainda mais agressivo, com o objetivo de forçar a atualização do Windows 10. Desde que isso resultou em um processo de dez mil dólares contra a companhia, porém, várias pessoas já esperavam essa mudança de postura.

Definitivamente, muito mais amigável do que antes

“Desde que nós introduzimos uma nova experiência de atualização para o Windows 10, nós recebemos o feedback de que alguns de nossos valiosos consumidores o acharam confuso, disse Terry Myerson, chefe da divisão Windows, em declaração ao site. “Nós estivemos trabalhando duro para incorporar seus feedbacks e nesta semana, nós vamos trazer uma nova experiência de atualização com pontos claros para atualizar agora, agendar um horário ou recusar a oferta grátis”, continuou.

É importante lembrar, por fim, que aqueles interessados no upgrade, mas que ainda não o fizeram em seus PCs, têm apenas mais um mês para fazê-lo, já que a oferta grátis acaba no dia 29 de julho.

Cupons de desconto TecMundo: