Mulher processa Microsoft por atualização do Windows 10 e ganha US$ 10 mil

1 min de leitura
Imagem de: Mulher processa Microsoft por atualização do Windows 10 e ganha US$ 10 mil
Fonte: technewstoday.
Avatar do autor

Uma mulher norte-americana chamada Teri Goldstein venceu a Microsoft em um processo judicial nesta semana. Ela recebeu uma compensação de US$ 10 mil pelo fato de a atualização para o Windows 10 ter deixado seu computador “completamente inutilizável”, segundo declarou.

Goldstein entrou em contato com a empresa para resolver a situação, mas o problema não foi corrigido. Com isso, ela resolveu entrar na justiça para obter a reparação, e o juiz de primeira instância determinou que essa multa fosse paga. Na cotação de hoje, US$ 10 mil valem R$ 33,8 mil.

A Microsoft chegou a recorrer da decisão em segunda instância, mas abandonou o caso e aceitou fazer o pagamento para evitar mais custos com advogados e relacionados.

É curioso notar, entretanto, que falta pouco mais de um mês para a Microsoft finalizar o período de atualização gratuita de versões antigas do Windows para a décima edição. Não sabemos exatamente quantas pessoas fizeram a migração nesses últimos meses, mas é certo que a Microsoft não atingiu ainda a sua meta de “um bilhão de dispositivos com Windows 10”, anunciada no lançamento oficial do sistema.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Mulher processa Microsoft por atualização do Windows 10 e ganha US$ 10 mil