(Fonte da imagem: iStock)

Ao que parece, o sonho de termos acesso à banda larga gratuita em várias cidades do Brasil ainda continua um pouco distante. Dados divulgados pelo site Teleco no início desta semana mostraram que, nos últimos seis meses, as áreas de hotspot cresceram somente 1% em todo o país.

O que isso significa? Pelo visto, as operadoras responsáveis por distribuir o sinal não estão tão interessadas em investir em maneiras de democratizar o acesso para o público. Prova disso é que, de dezembro de 2011 a junho de 2012, somente 41 novas redes livres foram criadas em todo o território nacional. No mesmo período, a Coreia do Sul instalou mais de 100 mil áreas com esse tipo de conexão gratuita.

Outro ponto preocupante em relação ao baixo crescimento dos hotspots brasileiros é a concentração em que o serviço é oferecido. Dos 4.237 lugares citados pelo Teleco, 2.578 estão em São Paulo — o que representa mais da metade do total existente em todo o Brasil. O estado do Rio de Janeiro, por exemplo, ocupa a segunda posição e tem apenas 492 áreas de acesso gratuito, ou seja, um quinto do que seu vizinho oferece.

Fonte: Convergência Digital

Cupons de desconto TecMundo: