Ontem, dia 28 de outubro, o Facebook enviou à Securities and Exchange Commission dos EUA (órgão equivalente à Comissão de Valores Mobiliários no Brasil) o primeiro relatório público do desempenho financeiro do WhatsApp, o qual é referente aos meses de janeiro a junho de 2014. E as contas do mensageiro instantâneo ficaram no vermelho, e bastante.

Comprado pela rede social no início do ano por US$ 22 bilhões, o app que possui mais de 600 milhões de usuários ativos nas mais diversas plataformas móveis gerou uma receita de “apenas” US$ 15,29 milhões.

Embora esse valor represente um aumento de 453% se comparado ao mesmo período do ano anterior, quando ele originou só US$ 2,76 milhões, ele não foi suficiente para evitar que o WhatsApp amargasse um prejuízo de US$ 232,5 milhões — déficit bem superior aos US$ 58,76 milhões perdidos nos seis primeiros meses do ano fiscal de 2013.

Cupons de desconto TecMundo: