Cada vez mais populares, os equipamentos da categoria wearable parecem ter encontrado um filão bem interessante do público para angariar apoio e vendas: os aficionados por fitness e por uma vida mais saudável. Agora, um produto promete levar esse “casamento” a um novo patamar, oferecendo um vestível que realmente faz jus ao seu nome. Chamado de Enflux Smart Clothing, o equipamento analisa o seu corpo e se propõe a melhorar a performance na hora de treinar.

Ainda em estágio de desenvolvimento e aprimoramento pela empresa Enflux, o brinquedinho surgiu há apenas alguns dias no Kickstarter, com a meta de arrecadar no mínimo US$ 100 mil (cerca de R$ 364 mil) até o dia 6 de abril para viabilizar a produção da roupa. Fabricada com um material elástico, confortável e resistente ao suor, a Smart Clothing oferece dez sensores distribuídos por pontos-chave da vestimenta, capazes de monitorar o movimento do corpo do usuário de forma tridimensional.

Essa representação 3D da pessoa utilizando o equipamento, inclusive, é mostrada em um aplicativo mobile que complementa a experiência, reproduzindo com vários detalhes os gestos e as poses do atleta real. A ideia é que a dupla de hardware e software trabalhe em conjunto para analisar a performance e a forma do usuário. Com base nisso, o wearable pode oferecer dicas ou indicar correções pontuais ao exercício em tempo real – como se fosse um personal trainer virtual.

Entre os itens avaliados pela vestimenta, estão eficiência, capacidade, ângulo das juntas, rotação corporal, extensão do movimento, ritmo cardíaco, saturação de oxigênio, balanço e velocidade – entre outros fatores. Em sua versão inicial, a Enflux Smart Clothing dará suporte apenas a levantamento de peso e corrida, mas já foi confirmado que outras modalidades esportivas ou de exercícios serão implementadas ao kit por meio de atualizações constantes do software para celulares e tablets.

Até o momento, o produto já conquistou mais de 250 apoiadores e cerca de US$ 58 mil (R$ 211 mil), dando boas chances para que o projeto seja financiado bem antes do seu término. A expectativa é que as primeiras unidades comecem a ser despachadas em março de 2017 e o processo se estenda até julho do mesmo ano. Vale notar que, apesar de o frete ser gratuito para cidadãos norte-americanos, há uma taxa de US$ 30 (R$ 109) para envio internacional. E aí, se animou a sair da vida sedentária com essa roupa tecnológica?

Você já possui algum dispositivo vestível? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: