Imagem de Halo: Spartan Assault
Imagem de Halo: Spartan Assault

Halo: Spartan Assault

Nota do Voxel
65

Desonrando o nome de uma série consagrada

Em outubro do ano passado, a Vanguard Games anunciou Halo: Spartan Assault para Xbox One. No fim de dezembro, o game finamente foi lançado, felizmente, por um preço camarada (15 dólares) e trazendo algumas novidades. A versão de Xbox One traz algumas funcionalidades que não existiam no jogo para tablets e smartphones.

A história de Halo: Spartan Assault é situada entre os acontecimentos de Halo 3 e Halo 4. O enredo aborda as Spartan Ops durante a Batalha de Draetheus V, a qual foca na guerra entre a UNSC e os Covenants, episódio que é iniciado quando um grupo dos Covenants ignora o cessar-fogo.

Na campanha principal, você joga com os Spartans Edward Davis e Sarah Palmer, realizando missões dos mais variados tipos, incluindo a escolta de veículos, o resgate de soldados, a destruição de alvos e muitas outras. Além do modo de campanha, você pode explorar mais o universo de Halo nas missões cooperativas.

Tudo isso somado a possibilidade de jogar com o controle do Xbox One devem garantir uma experiência completamente diferente daquela existente nos tablets e outros aparelhos que rodavam a primeira versão do jogo, mas será que essas novidades são capazes de fazer este jogo honrar o nome da série? Conferimos os pormenores para trazer um veredito para você!

No fim das contas, Halo: Spartan Assault poderia receber qualquer outro nome, pois mesmo trazendo alguns elementos do universo de Halo, o jogo não acrescenta em nada a série e não tem nada de especial que justifique usar o nome.

Com gráficos bem fracos (pense que estamos falando de um jogo da franquia Halo e de um console da nova geração), sonoridade razoável (a trilha sonora não tem nada de especial e o jogo economiza até na narração), missões repetitivas e um sistema de upgrade falho, este jogo até desonra a franquia.

Se você já experimentou o game no tablet ou no PC, com certeza não vale a pena adquirir esta versão, pois o modo cooperativo e as novidades não são de grande valia. Para quem ainda não jogou, talvez vale adquirir o game quando ele estiver em uma promoção ou apenas para conhecer mais um bocado do universo e da história de Halo.