Imagem de Dance Central
Imagem de Dance Central

Dance Central

Nota do Voxel
90

Como diria Lady Gaga: "apenas dance"

Já faz algum tempo que os video games fazem você se mexer. Não é um exagero dizer que, há aproximadamente 30 anos, consoles como o Nintendinho esboçavam uma espécie de tentativa para fazer com que o jogador não ficasse parado. Com o passar do tempo, e com o advento da tecnologia, as desenvolvedoras começaram a apostar em gêneros que, definitivamente, fariam você suar a camisa.

Um deles é o gênero de dança, popular nos consoles há bastante tempo. Desde a época do saudoso PlayStation, gamers ao redor de todo o mundo sapateavam freneticamente em frente aos televisores para acertar todas as setas que surgiam sem parar na tela. Dance Dance Revolution, por exemplo, também se tornou febre nos fliperamas, onde ainda continua conquistando novos fãs e sendo considerado por muitos como um verdadeiro esporte.

Mas, sejamos sinceros, não temos nenhum jogo que realmente faça você dançar. Com os famosos “tapetes de dança”, popularizados pela série DDR, o jogador se move bastante, pois é necessário pisar rapidamente nos comandos indicados. Entretanto, nada de coreografias semelhantes às de Lady Gaga ou do próprio Michael Jackson. A dança está mais no nome do que na jogabilidade em si.

Agora, temos o Kinect: um sensor capaz de reconhecer os movimentos do jogador e usá-los como um controle. Eis uma oportunidade excelente para, finalmente, dançar de verdade em um jogo, não é mesmo? Certamente. A Harmonix — a mesma por trás da série Rock Band — também pensou nisso e resolveu criar algo que finalmente podemos chamar de jogo de dança.

Dance Central nos fez dançar, dançar e dançar. No início, todos estavam constrangidos, mas, após alguns minutos de jogatina e uma olhada nos tutoriais, já estávamos nos sentindo como dançarinos de verdade — embora o mesmo não possa ser dito por quem estava assistindo.

Sem dúvidas, a obra da Harmonix é, até o momento, o jogo mais divertido do Kinect. Esqueça tudo o que você sabe ou já viu em relação aos jogos de dança. A verdadeira experiência está em Dance Central. Confira mais detalhes em nossa análise.

Dance Central representa uma enorme evolução nos jogos de dança, fazendo jus à proposta do Kinect. Finalmente, você se livrou daqueles tapetes para fazer o que realmente precisa fazer: dançar. A Harmonix estreou o gênero com muita qualidade, trazendo uma jogabilidade sólida, muitas músicas e um modo multiplayer.

Quem conta com o sensor do Xbox 360 em casa, não deve deixar de conferir Dance Central, que, indiscutivelmente, é uma das melhores experiências com o Kinect. A diversão é totalmente contagiante, e até mesmo os mais tímidos logo embarcarão nos ritmos que parecem obrigar o jogador a sacudir o esqueleto. Dançar nunca foi tão divertido.