7 motivos pelos quais DriveClub está sendo um fracasso enorme para a Sony

3 min de leitura
Imagem de: 7 motivos pelos quais DriveClub está sendo um fracasso enorme para a Sony
Avatar do autor

O game DriveClub, um dos exclusivos do PS4, já não deveria ser mais uma novidade. Se tudo tivesse ocorrido conforme os planos da Evolution Studios, o título deveria estar disponível já na época do lançamento do console, em novembro de 2013. Entretanto, depois de ser adiado duas vezes, o game finalmente foi liberado no dia 7 de outubro.

Contudo, isso não significou o fim do tormento para a empresa. Aliás, muito pelo contrário. Prometido para ser disponibilizado gratuitamente para os assinantes da Plus, o jogo derrapou na pista e uma série de problemas relacionados ao modo online fizeram que o título se tornasse indisponível para boa parte dos jogadores. Mesmo aqueles que já haviam comprado o jogo.

Quase 20 dias após o lançamento e depois da liberação de alguns pacotes de correção, os bugs não parecem estar perto do fim. Não vamos entrar no mérito da qualidade do jogo em si neste artigo. Aliás, sabemos que vocês estão ansiosos para saber a nossa opinião sobre ele, e a análise de DriveClub está em andamento aqui no BJ. Mas diversos outros motivos externos, infelizmente, colocam o game no primeiro lugar do pódio como um dos maiores problemas já enfrentados pela Sony nesta nova geração.

1 – Problemas para jogar online

Sim, sabemos que alguns usuários conseguiram jogar online desde que o jogo foi lançado. Porém, infelizmente essa não é uma realidade para a maioria dos jogadores. Entre os que conseguiram, muitos reclamaram de instabilidades nos servidores. Muitas vezes, a conexão é interrompida durante as corridas, o que causa uma enorme frustração. No TecMundo Games, por exemplo, em momento algum conseguimos nos conectar para conhecer o modo online.

2 – Problemas para comprar a versão digital

Se você tentar acessar a PSN agora para comprar o jogo, possivelmente vai se deparar com a seguinte mensagem: “not available for purchase” (“não disponível para compra”, em tradução direta). Essa impossibilidade técnica impede que novos jogadores tenham acesso ao game, restringindo o título basicamente às cópias físicas, que podem ser instaladas normalmente. Com menos pessoas online, menor a diversão, mas maiores as chances de o problema ser resolvido mais depressa.

3 – Problemas para baixar a versão digital

Vamos supor que você tenha comprado DriveClub na pré-venda, antes dos problemas relacionados aos servidores começarem. Da mesma forma, ao acessar a tela do jogo para fazer o download, é muito provável que você se depare com a mesma mensagem. Na prática, você pagou pelo jogo para ter acesso imediato a ele, mas quase 20 dias depois ainda é preciso “tentar a sorte” na hora de fazer o download. Nem mesmo na biblioteca ele aparece.

4 – Versão gratuita para assinantes da Plus? Nada.

Outro diferencial do game que atiçou a expectativa daqueles que se interessaram pelo jogo foi o fato de que ele seria ofertado gratuitamente para os assinantes da Plus – um presente e tanto, convenhamos. Porém, os jogadores ficaram frustrados em perceber logo no início que não era possível fazer o download. Além disso, a chamada promocional na PSN foi retirada, de forma que não se sabe quando (ou se) o jogo será disponibilizado gratuitamente outra vez. É possível que isso aconteça em novembro. Mas, infelizmente, trata-se apenas de um rumor por enquanto e bastante otimista.

5 – Pacotes de atualização não resolveram os problemas

Os desenvolvedores de DriveClub alegam que não havia como prever os problemas com os servidores, uma vez que eles apareceram somente depois que o título foi lançado. Entretanto, já se passaram pelo menos 16 dias. Nesse período, alguns pacotes de atualização foram disponibilizados, mas nada foi suficiente para dar estabilidade ao modo online do jogo. Aliás, o game não teve um período Beta para testes, como The Crew, por exemplo, o que talvez ajudasse a identificar e previnir que essa situação ocorresse.

6 – Jogo chegou às lojas sem itens prometidos

Antes do lançamento de DriveClub, muito se falou do sistema climático realista do jogo, um diferencial exibido em trailers de gameplay e que deixou os jogadores bastante curiosos. Porém, duas semanas antes do lançamento a empresa informou que este recurso não estaria disponível logo de início e chegaria “alguns dias depois”.

É comum vermos jogos ganharem conteúdos extras, via DLC, semanas após o lançamento, bem como receberem patches de correção e melhorias. Entretanto, é bastante raro vermos uma funcionalidade alardeada como um diferencial deixada de lado, sem uma perspectiva clara de quando ela seria adotada nas corridas multiplayer.

7 – Sem previsão de normalização

Embora quase que diariamente a produtora tenha emitido comunicados oficiais sobre o andamento dos trabalhos para regularizar o serviço, muitos deles têm sido evasivos e não informam efetivamente quando a situação será resolvida. Faltam datas ou mesmo uma perspectiva mais clara de quando a normalidade voltará a reinar entre os jogadores.

7 motivos pelos quais DriveClub está sendo um fracasso enorme para a Sony