CD Projekt Red: criadora de Witcher 3 e Cyberpunk anuncia demissões

1 min de leitura
Imagem de: CD Projekt Red: criadora de Witcher 3 e Cyberpunk anuncia demissões
Imagem: CD Projekt Red

Nesta quarta-feira (26), a CD Projekt Red anunciou um plano de 'atualização organizacional', em que cerca de 100 funcionários serão dispensados — equivalente a 9% da empresa. Atualmente, a desenvolvedora de jogos está trabalhando em pelo menos três grandes projetos, incluindo um novo jogo da franquia The Witcher.

A notícia foi revelada via um comunicado do CEO, Adam Kicinski, no site oficial da empresa. Ele afirma que, após “reformular o processo de desenvolvimento e incorporar metodologias ágeis”, a empresa está se concentrando em “refinar o formato” das equipes. “Não há uma maneira fácil de dizer isso, mas hoje estamos com excesso de pessoal”, diz Kicinski.

Segundo o executivo, alguns dos talentos não serão dispensados até terem finalizado as tarefas em seus respectivos projetos. No entanto, considerando as necessidades atuais, a empresa identificou que não terá funções para estes profissionais no próximo ano.

Cena de The Witcher 3.Cena de The Witcher 3.Fonte:  CD Projekt Red 

Apesar de que algumas demissões só serão realizadas no primeiro trimestre de 2024, a CD Projekt Red decidiu adotar uma abordagem mais transparente para que seus funcionários tenham tempo de se organizar e buscar novas oportunidades.

“Queremos que os membros da equipe tenham tempo suficiente para processar e se ajustar à mudança”, afirma o CEO. “(...) e também nos certificamos de oferecer a todos um pacote abrangente de rescisão”.

Mais de 50 funcionários já foram demitidos em 2023

Em maio, após uma reavaliação de seu jogo spin-off de The Witcher, chamado de Projeto Sirius, a empresa anunciou que demitiu 29 funcionários. As demissões afetaram os desenvolvedores de The Molasses Flood — estúdio responsável por The Flame in the Flood (2017), adquirido em 2021 pela CD Projekt.

Em maio, a empresa anunciou a demissão de 59 funcionários.Em maio, a empresa anunciou a demissão de 59 funcionários.Fonte:  GettyImages 

A desenvolvedora ainda anunciou a decisão de encerrar o suporte para Gwent, o jogo eletrônico free-to-play de cartas colecionáveis da franquia The Witcher, levando à demissão de mais 30 funcionários. Não ficou claro se o total de 100 membros demitidos, anunciado pelo CEO, inclui as dispensas realizadas até aqui.

Veja também: Jogo Cyberpunk aclamado está com menor preço na Steam e tem demo grátis

Atualmente, a CD Projekt Red está trabalhando em pelo menos três grandes projetos, sendo um novo jogo para a franquia The Witcher (Projeto Polaris), um novo jogo de Cyberpunk (Projeto Orion) e uma franquia totalmente nova (Projeto Hadar).

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.