'O Xbox continuará', diz Spencer sobre veredito do acordo com a Activision

1 min de leitura
Imagem de: 'O Xbox continuará', diz Spencer sobre veredito do acordo com a Activision
Imagem: Repositório de imagens NZN

Certamente, a aquisição (ou não) da Activision Blizzard pela Microsoft vai influenciar muito todo o mercado de jogos. No entanto, o negócio de cerca de R$ 386 bilhões entre as empresas não determina a existência da divisão de jogos da Microsoft. Em entrevista ao The Times, o CEO da Xbox, Phil Spencer, deixou claro que o negócio "não é uma chave para o futuro" da companhia.

“Esta é uma aquisição importante para nós. Contudo, não é uma chave para o futuro da companhia – o Xbox continuará, com o sim ou não para o acordo", disse Spencer.

Phil Spencer viajou ao Reino Unido para uma audiência com a Comissão Europeia e aproveitou para agendar uma conversa com a Autoridade de Concorrência e Mercados (CMA), que faz uma investigação profunda sobre como um possível sim para o acordo pode afetar negativamente a concorrência.

Sobre a saúde e competitividade do mercado, Spencer reforça que o negócio é apenas a "tentativa de ficar mais forte", e que para o Xbox ver Sony e Nintendo, todos no mesmo patamar, é vantajoso – "dá aos consumidores mais opções", explica o CEO.

A aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft segue em fase de análise, mas a divisão de jogos da companhia que é liderada por Spencer tem mexido os pauzinhos para o negócio de fato acontecer. Recentemente, a empresa assinou um acordo com a Nintendo, prometendo que Call of Duty seja lançado no console da Big N por 10 anos. Veja mais detalhes aqui.

Fontes

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.