Suspeito de vazar GTA 6 está detido em centro de detenção juvenil

1 min de leitura
Imagem de: Suspeito de vazar GTA 6 está detido em centro de detenção juvenil
Imagem: Rockstart/Reprodução

O adolescente de 17 anos que foi preso suspeito de hackear a Rockstar e vazar GTA 6 está detido em um centro de detenção juvenil em Londres. Ele foi apresentado ao Tribunal Juvenil de Highbury Corner e negou ter usado o computador para atividades criminosas.

As informações foram divulgadas nesta terça-feira (27) pela Eurogamer. De acordo com o site, a polícia londrina informou que o suposto cibercriminoso admitiu que quebrou as leis e regras que haviam sido estabelecidas para a sua fiança, uma vez que o adolescente já respondia em liberdade em outra investigação.

Em março deste ano, o jovem tinha 16 anos quando foi detido pela polícia em uma ação que o tinha como principal suspeito de atacar empresas como Microsoft, Nvidia e Samsung. Na época, ele foi preso junto com outras 6 pessoas, grupo que supostamente integra o Lapsus, um dos principais coletivos de cibercriminosos da atualidade.

O possível responsável por vazar GTA 6, que por ser menor de idade não teve a identidade revelada, foi detido em 22 de setembro, no último sábado. O suspeito utilizava, nos fóruns de hackers, nicks como “teapottuberhacker” e “White”.

Ataque à Rockstar

A divulgação de dezenas de vídeos e imagens de GTA 6 aconteceu na madrugada de 18 de setembro. O material pegou muita gente de surpresa e circulou por várias horas na internet até que a Rockstar começasse a agir e pedir na Justiça a remoção do conteúdo.

O crime, definido como um dos maiores vazamentos da história dos games, foi supostamente cometido por esse adolescente de 17 anos que já era investigado pela Unidade Nacional de Crimes Cibernéticos (NCCU) da Inglaterra.

A situação tomou uma dimensão bem grande porque a Uber também sofreu um ataque cibernético cujo autor suspeito é o mesmo responsável por revelar detalhes do novo Grand Theft Auto.

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.