Criador do Xbox diz estar 'enojado' com a aquisição da Activision Blizzard

1 min de leitura
Imagem de: Criador do Xbox diz estar 'enojado' com a aquisição da Activision Blizzard
Imagem: Fandom/Reprodução

O anúncio da aquisição da Activision Blizzard pode ter sido motivo de comemoração para Microsoft e seus fãs, mas nem todo mundo parece estar exatamente satisfeito com a notícias. Seamus Blackley, por exemplo, se diz "enojado" com a transação.

Responsável por criar e projetar o Xbox original em 2001, Blackley publicou sua opinião acerca da negociação no Twitter. "Estou enojado que a recompensa por anos de práticas desprezíveis para com os desenvolvedores pareça ser um grande pagamento para os agressores", disse o designer de games.

"Minha esperança é que a aquisição fará a cultura da Activision mudar e possa trazer alguma responsabilização para aqueles que até agora a evitaram", continuou, fazendo alusão às denúncias contra executivos da Activision Blizzard. A empresa é alvo de acusações de sexismo e conduta imprópria no ambiente no trabalho, com afirmações de que Bobby Kotick, atual CEO da empresa, fazia vista grossa em relação às ocorrências.



Ainda assim, Blackley diz acreditar em Phil Spencer "como um líder e executivo", afirmando também que "esta é uma jogada muito perspicaz e pode representar uma grande vitória para o Xbox".

O designer de jogos disse ainda achar "incrivelmente estranho ver o bebê Xbox devorando a Activision", trazendo ainda à tona memórias do passado sobre quando foi à sede da empresa falar sobre seu console "apenas para ser essencialmente ridicularizado". Blackley diz se perguntar até hoje se eles ainda lembram do episódio — do qual ele mesmo não esqueceu — concluindo com um categórico "eu lembro".