Criador de Bioshock revela que jogar história no lixo é um luxo

1 min de leitura
Imagem de: Criador de Bioshock revela que jogar história no lixo é um luxo
Imagem: Steam

Nesta semana, o principal responsável por Bioshock, Ken Levine, concedeu uma entrevista ao podcast Arcade Attack e discutiu sobre o luxo da possibilidade de jogar fora uma história que ele escreveu e não funcionou. O desenvolvedor revelou que aprendeu muito ao jogar no lixo parte do seu trabalho em Thief.

Levine diz que é um luxo na indústria de games poder reescrever parte da história, e que seu trabalho é considerado bom, justamente, por saber quando algo não está funcionando — como aconteceu na franquia da Looking Glass Studios.

"E isso pode parecer indecisão e posso definitivamente ver porque as pessoas se sentem assim, mas para mim, não conheço outra maneira de chegar lá, mas também exige que você esteja disposto a pegar essa caneta e começar novamente, e eu acho que isso é ser crítico, então eu vejo como um luxo", disse Levine durante e entrevista.

Ken Levine em entrevista ao GameSpotKen Levine em entrevista ao GameSpotFonte:  YouTube 

O chatão da turma

Em uma reportagem do site Bloomberg, ex-colegas de trabalho de Levine afirmaram que o artista é perfeccionista e que ele jogou fora grande quantidade do projeto em andamento na Ghost Story Games. Por isso, alguns profissionais saíram da equipe e outros reclamam que não podem mostrar nenhum portfólio, pois o novo jogo está sendo desenvolvido desde 2013 — ano que foi lançado Bioshock Infinte.

Já se passaram oito anos desde que a companhia de Levine, Ghost Story Games, começou a desenvolver seu novo projeto. Provavelmente, o luxo citado por Levine deve demorar ainda mais o lançamento de uma versão final do game.

Em Bioshock Infinite, muitos conteúdos apresentados antes do lançamento não foram colocados no jogo final, por isso, Levine diz que decidiu não mostrar nada sobre a produção. É importante lembrar que o próximo jogo da franquia Bioshock não contará com a ajuda de Levine.

"Eu acho que muitas pessoas estão tipo, 'o que eles estão fazendo lá, eles estão apenas sentados sem fazer nada?' E eu entendo isso, mas estamos assumindo um produto muito desafiador. Posso prometer que está sendo trabalhado todos os dias e estamos muito empolgados com isso”, completou Ken.