Presidente da AMD acredita que 2023 será o ano do PS5 e do Xbox Series X

1 min de leitura
Imagem de: Presidente da AMD acredita que 2023 será o ano do PS5 e do Xbox Series X
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

Se você está à procura de um PlayStation 5 ou de um Xbox Series X, as chances são bem grandes de que até agora não tenha conseguido entrar para a nova geração. Afinal, ambos os consoles estão sendo muito difíceis de encontrar nas prateleiras das lojas, sejam elas físicas ou virtuais.

De acordo com Lisa Su, a CEO da AMD, o próximo ano pode ser similar ao atual, com os videogames da Sony e da Microsoft continuando a sumir dos estaques tão rapidamente quanto são repostos em 2022. Segundo ela somente despontando no ano seguinte, em 2023.

O sumiço dos dispositivos se dá por causa da escassez de componentes eletrônicos essenciais para a fabricação de equipamentos digitais mais recentes, ocasionada pela atual pandemia causada pelo coronavírus. Isto tem impactado diretamente não somente nos consoles da Sony, Microsoft, Nintendo e Valve, mas também produção de peças para PC, como, por exemplo, algumas GPUs de última geração.

Lisa Su, presidente da AMD, acredita que o pico da oferta e demanda da atual geração de consoles só deve chegar depois de 2022Lisa Su, presidente da AMD, acredita que o pico da oferta e demanda da atual geração de consoles só deve chegar depois de 2022Fonte:  Eurogamer/Reprodução 

Mas Su acredita que as coisas serão diferentes daqui a pouco mais de um ano. Segundo ela, a alta procura pelos consoles atualmente é um indicador positivo. "O fato de a demanda ainda estar alta diz algo sobre as capacidades dos produtos capturadas pela Microsoft e pela Sony neste ciclo [de geração] de consoles", disse ela ao WCCF Tech.

"Vamos continuar a aumentar a produção", prosseguiu a CEO, dizendo esperar que 2022 seja um ano de forte crescimento para o mercado de consoles. "Se você olhar um ciclo típico de consoles, verá que o pico geralmente é, na verdade, no quarto ano", explicou, completando que devemos "esperar que talvez 2023 seja o ano de pico" da atual geração de video games.

Su acredita que o impacto da pandemia do Covid-19 continua tornando o cenário bastante imprevisível, mas se mostra positiva e se diz feliz de ver tantos jogadores usando tecnologia AMD em seus consoles.