Estoque do PS5 será ainda menor nos próximos meses, diz Sony

1 min de leitura
Imagem de: Estoque do PS5 será ainda menor nos próximos meses, diz Sony
Imagem: Sony
Avatar do autor

A fabricante japonesa Sony reduziu ainda mais a estimativa de unidades fabricadas do console PlayStation 5 para o final do atual ano fiscal da empresa, que termina em março de 2022.

No geral, a empresa esperava fabricar 16 milhões de unidades até o período, mas já cortou a meta para 14,8 milhões.

Em termos práticos, isso significa que o dispositivo deve continuar com estoque limitado e fragmentado, com ainda menos unidades surgindo em períodos específicos e ao longo dos meses nas lojas.

O que está acontecendo?

Segundo a Bloomberg, os problemas estão relacionados a dois fatores: falta de componentes e dificuldades de logística.

O primeiro motivo ainda é consequência da crise dos chips que afeta toda a indústria, incluindo eletrônicos em geral e até automóveis. As companhias responsáveis pela produção de semicondutores ainda não conseguiram equilibrar a demanda crescente com um ritmo de fabricação que só agora está retornando aos níveis de 2019. Impactos dessa escassez podem durar até 2023, segundo executivos do setor.

Já o segundo motivo está relacionado à pandemia da covid-19 e a vacinação ainda irregular em países importantes da cadeia de produção do PS5. Isso afeta o efetivo de funcionários nas fábricas e também questões de transporte.

De acordo com a Sony, mesmo com os problemas de fabricação e distribuição, o console já passou a marca de 10 milhões de unidades vendidas em julho deste ano.