Cyberpunk 2077: CDPR negocia acordo em processo de investidores

1 min de leitura
Imagem de: Cyberpunk 2077: CDPR negocia acordo em processo de investidores
Imagem: CDPR

A CD Projekt Red tem enfrentado diversos problemas desde o lançamento ultra hypado de Cyberpunk 2077. Além de trabalhar em consertar o game ao longo do último ano, a desenvolvedora também vai ter que lidar com um processo de seus investidores, que se sentiram enganado pelo estado que o jogo chegou aos consoles da geração passada. Agora, a empresa trabalha pra chegar num acordo  com seus investidores fora dos tribunais.

São diversos processos de classe de investidores que acusam a CD Projekt Red de ter lhes fornecido material enganoso sobre o estado do game antes de seu lançamento. Na época da divulgação dos processos, a desenvolvedora disse que tomaria uma ação "vigorosa" para se defender, achando a acusação completamente sem mérito.

Mas parece que agora está mais simples para a empresa chegar num acordo com seus investidores e lhes pagar o que eles decidirem ser justo, sem precisar deixar essa decisão na mão dos tribunais. Se a produtora e as pessoas que lhe processam chegarem num acordo, vai ser necessário apenas levar essa proposta para ser validada pelo juiz e o processo acaba.

Os documentos de processo foram atualizados para refletir as negociações para um acordo que a CDPR agora está fazendo com seus investidores. E é bem interessante notar um trecho importante dessa atualização:

"Também deve ser notado que entrar em negociações buscando um acordo em potencial não deve de maneira alguma ser interpretado como uma aceitação da companhia ou dos membros de sua diretoria para as alegações expressas pelos autores do processo". Ou seja, entrar num acordo vai ser também uma maneira da CDPR fugir de uma sentença de um juiz declarando oficialmente que a empresa enganou seus investidores.

Cyberpunk 2077 está disponível para jogar no PC, consoles PlayStation e Xbox. O jogo roda via retrocompatibilidade no Xbox Series X/S e PS5 e receberá um upgrade para a nova geração em 2022.