Experimento em Battlefield 2042 mostra falhas no hitbox do game

2 min de leitura
Imagem de: Experimento em Battlefield 2042 mostra falhas no hitbox do game
Imagem: YouTube/Reprodução
Avatar do autor

Experimentos realizados em Battlefield 2042 demonstraram sérios problemas no sistema de hitbox do game, especialmente em situações onde o servidor está sob stress. A principal questão está no registro dos tiros acertados, já que certas balas podem atingir o seu alvo e não causar dano nele.

Quem realizou os testes foi o YouTuber Jackfrags, que confirmou a existência desses problemas num vídeo recentemente publicado em seu canal.

Fãs da franquia têm reclamado de inconsistência nos tiroteios

Tudo começou quando fãs da franquia começaram a reclamar em diversos fóruns sobre inconsistências nos tiroteios do mais novo Battlefield. Isso se deve a diversos fatores, alguns que inclusive já foram corrigidos no patch mais recente.

É o caso do espalhamento excessivo dos tiros, que fazia ser excessivamente difícil de acertar os adversários, até mesmo quando se utiliza a mira da arma. Já problemas como erros de alinhamento nos hiboxes dos personagens ficaram para serem resolvidos nas próximas atualizações.

Servidor deixa de registrar tiros certeiros em determinadas situações

Em seu experimento, Jackfrags mostrou que ainda existe um outro problema em Battlefield 2042, que aparece quando há muitos jogadores numa mesma área. Quando o servidor está sobrecarregado, ele pode simplesmente não registrar tiros que de fato acertaram seus adversários.

Os testes apontam que esse elemento do jogo é afetado por uma série de fatores, incluindo a qualidade da conexão com o servidor, o tickrate, o ping, a perda de pacotes e o netcode (que é como o game lida com os dados).

Teste mostra problemas no registro de acerto mesmo quando personagem reage ao tiro

Para replicar a situação onde o problema acontece, Jackfrags configurou um servidor com bots e foi para o telhado do prédio C1 no mapa Kaleidoscope Breakthrough. O local foi escolhido porque costuma reunir uma grande quantidade de jogadores durante a partida.

Assim que a cena começa a ficar mais caótica — com granadas de fumaça, explosões e personagens sendo revividos — o servidor passa a ignorar alguns tiros. Isso fica ainda mais claro em momentos onde o modelo 3D do personagem se contorce por levar um tiro e o sangue voa pela tela.

Isso tudo é ainda mais problemático nos novos mapas para 128 jogadores, que são maiores e colocam uma carga especialmente grande nos servidores. De acordo com o site VG24/7, os jogos da franquia Battlefield têm um histórico de problemas de netcode no lançamento.

Esse tipo de erro costuma levar um longo tempo para ser corrigido. Em Battlefield 4, foi necessário um ano para isso. Em Battlefield 1, o processo levou alguns meses.