PCC usa party da PSN para se comunicar, revela reportagem

1 min de leitura
Imagem de: PCC usa party da PSN para se comunicar, revela reportagem
Imagem: PlayStation/Divulgação
Avatar do autor

Considerado um dos principais grupos criminosos da América Latina, o Primeiro Comando da Capital (PCC) utiliza métodos considerados sofisticados para se organizar. Novas investigações revelaram que até mesmo as parties da PlayStation Network (PSN) são utilizadas para que os integrantes da quadrilha se comuniquem.

A informação foi divulgada nesta segunda-feira (18) em uma reportagem do Estadão. De acordo com o veículo, a Polícia Federal (PF) realizou essa e outras descobertas recentemente.

O sistema do PlayStation, que permite conversas por voz e por mensagem de texto, seria utilizado pelos bandidos porque eles estariam desconfiados de aplicativos tradicionais de comunicação. Por causa disso, eles testam outros canais para se organizar.

PlayStation

Na party, os investigados conversavam com se estivessem no telefone, já que é não é necessário abrir um jogo para acessar a sala de chat. Segundo o Estadão, os integrantes do PCC se cadastravam na PSN, criavam nicks, convidavam os parceiros e conversavam normalmente nos consoles.

Além dessa descoberta, a PF verificou que o grupo utiliza criptomoedas para transferir valores advindos de ações do crime organizado. Entre os ativos utilizados, está o bitcoin, a moeda virtual mais conhecida e com maior valor atual de mercado.