PES agora se chama eFootball, muda de engine e será gratuito

1 min de leitura
Imagem de: PES agora se chama eFootball, muda de engine e será gratuito
Imagem: Divulgação/Konami

Nesta quarta-feira (21), a Konami divulgou um novo trailer da sua franquia de jogos de futebol, revelando que Pro Evolution Soccer foi renomeado para apenas eFootball e será gratuito para PS5, PS4, Xbox Series X/S, Xbox One, PC e mobile.

A linha de games não terá mais lançamentos anuais; eFootball foi definido como "uma plataforma de simulação de futebol", usará a Unreal Engine 4 e promete crossplay entre consoles, computadores e celulares.

O jogo será disponibilizado entre setembro e dezembro deste ano — data válida apenas para consoles e PC. Confira a revelação no vídeo abaixo.

O futuro com eFootball

No lançamento, o game oferecerá partidas amistosas locais com nove clubes — a empresa ainda não informou todos os times disponíveis. Novos modos serão adicionados posteriormente e alguns serão pagos, mas a Konami não especificou.

Mais detalhes sobre a monetização do jogo e os clubes oferecidos serão exibidos em agosto. No entanto, o site do eFootball informou o planejamento atual de atualizações.

Roadmap de eFootballRoadmap de eFootballFonte:  Divulgação/Konami 

Seguindo este mapa, podemos esperar o suporte para crossplay, ligas online, um modo de construção de times e o sistema "Match Pass", serviço similar aos passes de batalha de games como Warzone e Apex Legends, entre setembro e dezembro de 2021. Entre dezembro e março de 2022, o jogo terá torneios de esports, suporte para controles nos smartphones e a criação de partidas cross-platform com o mobile.

Unreal Engine 4

Seitaro Kimura, produtor da série, afirmou em entrevistas ao portal IGN que o motor gráfico foi escolhido devido à agilidade que ele proporciona para o desenvolvimento do game e a escalabilidade para atender diferentes demandas de hardware.

Para criar movimentos realistas, eFootball utiliza da tecnologia "Motion Matching", que converte variações no corpo de jogadores em séries de animações, que são selecionadas levando em conta critérios do gameplay, como a velocidade do esportista e o posicionamento da bola.

A jogabilidade está sendo montada com ferramentas personalizadas da Konami, e Kimura afirmou que o jogo terá um foco em situações "1v1" entre o ataque e a defesa. O game também oferecerá mudanças no esquema de controles, com um botão de correr reformulado e mais opções para a defesa de dribles — todos os detalhes ainda não foram informados.

“Foi uma grande decisão mudar certos botões que os fãs já estão acostumados há anos, porém visamos tornar tudo mais realista e reativo à ideia inicial do jogador.”, afirmou Kimura à IGN. 

PES agora se chama eFootball, muda de engine e será gratuito