Xbox Game Pass foi determinante para Contraband ser um exclusivo

1 min de leitura
Imagem de: Xbox Game Pass foi determinante para Contraband ser um exclusivo
Imagem: Avalanche Studios

Contraband foi uma das importantes revelações no excelente evento do Xbox para a E3 2021. O game vai ser exclusivo para a plataforma nos consoles, e o serviço do Xbox Game Pass foi determinante nessa decisão, conforme o CEO da desenvolvedora Avalanche revelou numa entrevista.

Pim Holfve conversou recentemente com o pessoal da GamesIndustry para falar um pouco mais de Contraband e como a parceria com a Microsoft tem sido importante no desenvolvimento do game. Durante o bate-papo, o executivo revelou que o Game Pass mostrou a importância do Xbox para a desenvolvedora através de um outro game deles, theHunter: Call of the Wild.

"O Game Pass tem sido muito bom pra nós, especialmente se olhamos para o título produzido por nós mesmos. theHunter: Call of the Wild nos ajudou a provar nosso modelo de serviços e o Xbox Game Pass foi fantástico porque fomos capazes de alcançar bem mais jogadores" - declarou Holfve. O CEO da Avalanche explica então que foi muito importante alcançar tantas pessoas porque elas passam a se interessar e comprar o conteúdo extra do jogo. Call of the Wild tem mais de 20 DLCs.

Isso ajudou a tornar o Xbox bem mais importante na concepção do estúdio, que antes imaginava que seus jogos seriam mais populares no PC. Além do alcance proporcionado pelo Game Pass, a proximidade com a Microsoft traz outras vantagens do ponto de vista de amparo e ajuda com o desenvolvimento técnico de Contraband. "É um novo tipo de parceria pra gente. (...) Fez muito sentido trabalhar com o Xbox por causa da grandeza do projeto. Não é um conceito que ofereceríamos para qualquer produtora."

Xbox Game Pass foi determinante para Contraband ser um exclusivo