PlayStation está comprometida a ter mais cross-play, diz Jim Ryan

1 min de leitura
Imagem de: PlayStation está comprometida a ter mais cross-play, diz Jim Ryan
Imagem: Sony

Apesar de ter fama de ser a empresa mais avessa ao cross-play, a Sony parece disposta a estimular cada vez mais essa prática. Ao menos é o que alega Jim Ryan, o presidente da SIE. Em entrevista ao site Axios, ele reafirmou que "nós damos suporte e encorajamos o cross-play no nosso ecosistema".

Usando como exemplo os games Minecraft, Rocket League, Call of Duty e Fortnite, o chefão do PlayStation ainda relembrou que Destiny 2 também ganhará suporte ao gameplay entre diferentes plataformas futuramente.

Ainda assim, nem tudo são flores nos bastidores. Randy Pitchford, o CEO da Gearbox, recentemente apontou que Borderlands 3 só não tem cross-play no PlayStation devido às políticas da Sony. Jim Ryan preferiu não comentar o tema, alegando não discutir "negócios em andamentos com parceiros de longa data".

As polêmicas parecem girar ao redor de um fato levantado na ação legal entre a Apple e a Epic Games, onde foi revelado que a Sony cobra pelo suporte a cross-play e recebe royalties de seus parceiros no processo.

Resta aguardar para ver como o futuro das plataformas PlayStation irão se desenhar. Será que a palavra de Jim Ryan basta, ou as políticas da empresa ainda irão desmotivar os estúdios? Compartilhe os seus pitacos com a gente nos comentários a seguir!

PlayStation está comprometida a ter mais cross-play, diz Jim Ryan