Saga Yakuza permancerá como RPG e Judgment será focado na ação

1 min de leitura
Imagem de: Saga Yakuza permancerá como RPG e Judgment será focado na ação
Imagem: https://www.sega.com/
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.

Em entrevista dada à IGN nesta sexta-feira (7), o criador da Yakuza, Toshihiro Nagoshi, deu mais detalhes sobre o futuro da franquia e confirmou que o sistema de RPG por turnos utilizado em Yakuza: Like a Dragon irá permanecer como mecânica principal da saga, enquanto o arco spin-off Judgment será focado na ação.

Até Like a Dragon, a saga Yakuza era conhecida por seu estilo de jogo beat 'em up, colocando os jogadores em meio a mecânicas livres de movimentação e combate com auxílio manual do game. Agora, o novo sistema introduzido pelo mais recente título provou ser um sucesso entre os fãs, e a tendência é que seja cada vez mais explorado nas sequências.

"A série Yakuza foi transformada em um RPG baseado em turnos. Por outro lado, ao longo dos anos, o Ryu ga Gotoku Studio acumulou recursos e know-how para fazer jogos de ação chamativos e emocionantes que são sem esforços para desfrutar. Decidimos que devemos deixar nossa jogabilidade de ação para viver através de Lost Judgment", disse Toshihiro Nagoshi, confirmando também que a sequência de Judgment seguirá os padrões de jogo do antecessor.

O quê você achou da nova tendência de Like a Dragon? O inusitado modelo de RPG está aprovado? Deixe sua opinião nos comentários.

Fontes