Microsoft diz que nunca lucrou com venda de consoles (hardware) Xbox

1 min de leitura
Imagem de: Microsoft diz que nunca lucrou com venda de consoles (hardware) Xbox
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

O julgamento do caso entre Epic Games e Apple continua rendendo informações importantes sobre outras empresas. Desta vez, a  Microsoft confessou que não tem lucros com a venda de consoles Xbox.

Apesar de não ser exatamente uma novidade, não são muitas as oportunidades em que as companhias falam sobre essa situação. Lori Wright, chefe de Desenvolvimento de Negócios do Xbox, foi quem falou sobre a situação.

“Quanto é a margem de lucro que a Microsoft tem na venda de consoles Xbox?”, perguntou o advogado da Epic Games, Wes Earnhardt, durante a sessão no tribunal. “Nós não temos”, disse Wright, que foi convocada como testemunha no caso antitruste. “Vendemos os consoles com prejuízo”, complementou.

Xbox

A executiva da Microsoft foi além e respondeu que a companhia nunca obteve lucro com as vendas dos hardwares. Ela explicou que esse prejuízo financeiro é compensado pela venda de jogos e pelas assinaturas de serviços, como o Xbox Game Pass.

Situação conhecida

Apesar da sinceridade, as falas de Wright não causam tanto espanto. Daniel Ahmad, analista do setor, explicou ao site VG247 que as empresas convivem com esse cenário há algum tempo e que, sim, o dinheiro perdido é recuperado com softwares first-parties e uma fatia dos third-parties e DLCs.

O especialista afirmou que na atual geração, tanto o Xbox Series S/X quanto o PlayStation 5 estão sendo vendidos com prejuízos. A Sony também confessou essa situação no início do ano, em um relatório que apontava que a própria escolha do preço do aparelho já indicava que ele não se pagaria sozinho (pelos menos nos primeiros anos).

E aí, o que está achando das informações divulgadas no processo entre Epic Games e Apple? Deixe a sua opinião na seção de comentários abaixo!

Fontes

Microsoft diz que nunca lucrou com venda de consoles (hardware) Xbox