Blizzard perde 29% da base mensal de jogadores nos últimos 3 anos

1 min de leitura
Imagem de: Blizzard perde 29% da base mensal de jogadores nos últimos 3 anos
Imagem: https://news.blizzard.com/pt-br/blizzard/23598621/espalhe-a-alegria-da-blizzard-com-as-ofertas-de-fim-de-ano

O mais recente relatório financeiro divulgado pela Blizzard apontou resultados ruins que ocorreram nos últimos anos, confirmando que a empresa perdeu cerca de 29% de sua base mensal de jogadores ativos, proporção equivalente a quase 11 milhões de usuários registrados em sua plataforma.

Segundo dados compartilhados pelo Massivelyop, a contagem de usuários ativos vem decaindo desde 2018, quando a empresa chegou a alcançar a impressionante marca de 38 milhões no primeiro trimestre. Desde então, os relatórios periódicos não indicaram novos crescimentos na base de jogadores e a quantidade de membros atingiu o ponto mais baixo da história da Blizzard, quando registrou 27 milhões no primeiro semestre de 2021.

Muito se especula sobre os motivos que podem ter levado a empresa a ver essa queda vertiginosa, com parte do público acreditando que a razão tenha sido a demora no lançamento de grandes projetos, enquanto outros veem o CEO Bobby Kotick como responsável pela saída e abandono de contas na Battle.net. E de fato, é possível afirmar que ambas as especulações podem ter colaborado com a situação.

Nos últimos anos, a empresa viu jogos como Overwatch, GOTY de 2016, praticamente cair no esquecimento, ao mesmo tempo que o remaster de Warcraft 3 foi duramente criticado pelos fãs por não estar à altura do esperado. Além disso, a atual liderança sofreu cortes recentes de salário e de bônus, mas não sem antes intermediar centenas de demissões e protagonizar eventos e lineups mal sucedidos.

Atualmente, a Blizzard está desenvolvendo atualizações para World of Warcraft: Shadowlands, Chains of Domination e World of Warcraft: The Burning Crusade Classic, ao mesmo tempo que trabalha em Diablo Immortal e Diablo 2 Resurrected (ambos para 2021), e Diablo 4 e Overwatch 2 (ambos para 2022). Todos os projetos seguem sem data confirmada.